Tufão causa uma morte e deixa seis desaparecidos no Sul da China

Uma visão de Manila, nas Filipinas, envolta em nuvens e neblina, geradas pelo tufão Son-Tinh em 25 de outubro de 2012. (Ted Aljibe/AFP/Getty Images)

O tufão Son-Tinh varreu as províncias de Hainan e Guangxi no Sul da China neste fim de semana, causando uma morte e deixando seis desaparecidos. Milhões de pessoas foram afetadas.

A 23ª tempestade tropical do Pacífico ocidental este ano, Son-Tinh atingiu Hainan em 27 de outubro, obrigando cerca de 126 mil pessoas a se deslocarem, segundo um relatório de 30 de outubro do escritório provincial de alívio de desastre de Hainan.

O tufão afetou 1,26 milhão de pessoas na região provincial da ilha, que possui 15 cidades e condados, informou o relatório.

As perdas econômicas diretas chegaram a quase 1 bilhão de yuanes (160 milhões de dólares), incluindo 716 casas destruídas e danos em mais de 2.400 casas e empresas que cobrem 411 km².

Começando em 29 de outubro, o tufão trouxe chuvas pesadas para a província chinesa de Guangxi, afetando 127.800 moradores e forçando mais de 9 mil pessoas a evacuarem a área, com prejuízos de 33,82 milhões de yuanes (5,42 milhões de dólares), segundo a mídia estatal chinesa.

Antes de atingir a China, a tempestade causou pelo menos 27 mortes nas Filipinas, enquanto outros sete morreram no Vietnã, informaram as autoridades locais.

O tufão Son-Tinh também causou inundações no rio Beilun, perto da fronteira entre a China e o Vietnã. Em Guangxi, 70 barcos teriam desaparecido, seis afundaram e outro ficou preso em território vietnamita.

Epoch Times publica em 35 países em 19 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas