Trump: não está claro se tiro de suspeito perto da Casa Branca teve más intenções

Por Jack Phillips

O presidente Donald Trump foi abruptamente escoltado de uma entrevista coletiva diária na Casa Branca na segunda-feira, apenas para retornar para dizer que houve um tiroteio do lado de fora do prédio. Ele não tinha certeza se o incidente estava relacionado a ele e não tinha certeza se a pessoa que foi baleada tinha más intenções.

“Pode não ter a ver comigo. Pode ser outra coisa”, disse Trump aos repórteres, referindo-se ao tiroteio “que ocorreu em frente à Casa Branca. A nova cerca que eles colocaram é muito poderosa. Mas foi do lado de fora da Casa Branca … em pouco tempo, o Serviço Secreto terá um relatório completo”.

O presidente Donald Trump é convidado a deixar a James Brady Press Briefing Room à convite de um membro do Serviço Secreto dos EUA durante uma entrevista coletiva na Casa Branca, em 10 de agosto de 2020 (Andrew Harnik / AP Photo)
O presidente Donald Trump é convidado a deixar a James Brady Press Briefing Room à convite de um membro do Serviço Secreto dos EUA durante uma entrevista coletiva na Casa Branca, em 10 de agosto de 2020 (Andrew Harnik / AP Photo)

Ele acrescentou que foi informado de que o suspeito poderia estar armado.

O Serviço Secreto dos EUA escreveu no Twitter: “O Serviço Secreto pode confirmar que houve um tiroteio com policial na 17th Street e na Pennsylvania Ave. Policiais estão no local. Mais informações a seguir”.

Em outra atualização, por volta das 20h, a agência escreveu: “Atualização: a investigação sobre um policial da USSS envolvido em tiros está em andamento. Um sujeito do sexo masculino e um oficial da USSS foram transportados para um hospital local.

“Em nenhum momento durante este incidente o complexo da Casa Branca foi violado ou alguém protegido esteve em perigo.”

O corpo de bombeiros do Distrito de Columbia disse à Associated Press que um homem sofreu ferimentos graves ou possivelmente críticos no incidente. A AP informou que os funcionários estão tentando determinar se o suspeito era doente mental.

Trump parecia não se incomodar com o incidente. “Eu pareço abalado?” ele perguntou, dizendo que quer continuar com a coletiva de imprensa. Trump disse: “O mundo sempre foi um lugar perigoso. Não é algo único. Você olha para trás ao longo dos séculos, o mundo tem sido um lugar perigoso, um lugar muito perigoso, e vai continuar, eu acho, por um período de tempo. ”

O presidente disse a jornalistas que foi levado ao Salão Oval próximo à sala de reuniões.

Como o Epoch Times é diferente de outras mídias?
O Epoch Times é a mídia independente de crescimento mais rápido na América. Somos diferentes de outras organizações de mídia porque não somos influenciados por nenhum governo, corporação ou partido político. Nosso único objetivo é levar aos nossos leitores informações precisas e ser responsáveis ​​perante o público. Não seguimos a tendência doentia no ambiente de mídia atual do jornalismo baseado em agendas e, em vez disso, usamos nossos princípios de Verdade e Tradição como nossa luz guia.

Estamos trabalhando dia e noite para cobrir o surto do vírus CCP para você. Doar apenas a quantidade de uma xícara de café ajudará a manter nossa mídia funcionando. 

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

EUA apura aplicativos da China

 

 

 
Matérias Relacionadas