Trump diz a imigrantes ilegais que, se eles não gostam dos centros de detenção, devem ficar em casa

O Presidente tem feito grandes esforços para impedir o fluxo de imigrantes ilegais que chegam nos Estados Unidos desde o início de seu mandato

Por Zachary Stieber

O presidente Donald Trump disse que os migrantes que não estão satisfeitos com os centros de detenção perto da fronteira dos EUA com o México devem ficar em casa.

Trump interveio na questão depois que vários legisladores democratas, incluindo a representante Alexandria Ocasio-Cortez (D-N.Y.), visitaram uma instalação no Texas e disseram que os imigrantes não estão sendo bem tratados.

Em uma postagem no Twitter em 3 de julho, Trump escreveu: “Se os imigrantes ilegais estão insatisfeitos com as condições dos centros de detenção construídos emergencialmente ou recondicionados, apenas diga a eles para não virem. Problema resolvido!”

O Presidente fez grandes esforços para impedir o fluxo de imigrantes ilegais que chegam nos Estados Unidos desde o início de seu mandato.

Em uma longa carta também publicada na noite de quarta-feira, Trump disse que funcionários da Alfândega e Proteção de Fronteiras estão sendo forçados a fazer coisas fora de seus empregos regulares. Ele também contra-atacou os democratas, dizendo que as condições em que os imigrantes ilegais são mantidos são adequadas.

“Nosso pessoal da Patrulha da Fronteira não são funcionários de hospitais, médicos ou enfermeiras. As más leis de imigração dos democratas, que poderiam ser facilmente corrigidas, são o problema. Grande trabalho feito pela Patrulha da Fronteira, a propósito”, afirmou.

“Muitos desses estrangeiros ilegais agora vivem muito melhor do que de onde vêm e em condições muito mais seguras. Não importa quão boas as coisas pareçam, mesmo que sejam perfeitas, os visitantes democratas ficarão chocados e horrorizados com o quão terríveis são as coisas. Se vocês realmente querem mudar isso, mudem as leis de imigração e as brechas legais. Tão fácil de fazer!”

O presidente então disse que outra solução é que os migrantes entrem no país legalmente.

Nesta foto fornecida pelo Escritório do Inspetor-Geral, homens adultos são vistos detidos em uma cela designada para mulheres, como observado pelo OIG na Brown Station da Patrulha de Fronteira dos EUA em 12 de junho de 2019 em Brownsville, Texas (Foto do Escritório do Inspetor-Geral / Departamento de Segurança Nacional através da Getty Images)
Nesta foto fornecida pelo Escritório do Inspetor-Geral, homens adultos são vistos detidos em uma cela designada para mulheres, como observado pelo OIG na Brown Station da Patrulha de Fronteira dos EUA em 12 de junho de 2019 em Brownsville, Texas (Foto do Escritório do Inspetor-Geral / Departamento de Segurança Nacional através da Getty Images)

“Agora, se você realmente quiser consertar a crise na fronteira sul, seja humanitária ou não, diga aos migrantes para não virem ao nosso país a menos que estejam dispostos a fazê-lo legalmente, e esperançosamente através de um sistema baseado no merecimento, não temos nenhum problema “, disse ele.

Em outro tweet, Trump escreveu: “O México está fazendo um trabalho muito melhor do que os democratas na fronteira. Obrigado, México!”

Trump recentemente ameaçou impor tarifas sobre produtos do México a menos que o país começasse a trabalhar para impedir que os migrantes entrassem na fronteira sul e viajassem pelo México rumo aos Estados Unidos.

Em um projeto assinado nesta segunda-feira, o presidente disse que as tarifas continuam sendo uma possibilidade, mas elogiou o México, lembrando que o presidente Andrés Manuel López Obrador havia enviado 6 mil soldados para a fronteira mexicana com a Guatemala.

“Eles estão fazendo um ótimo trabalho. Você começará a ver os resultados nas próximas três ou quatro semanas”, disse Trump, acrescentando que acredita que a medida foi tomada devido à ameaça tarifária.

“Ele é muito inteligente em fazer isso, porque é uma pequena fração. Parece um monte de soldados, mas isso é uma fração do que as taxas custariam ao México. Mas eu agradeço muito”, disse o presidente.

“E ele está fazendo um ótimo trabalho para o México porque o povo mexicano ficou muito chateado com todas essas dezenas de milhares de pessoas, centenas de milhares de pessoas perambulando pelo México. E as pessoas do México estão tão felizes quanto eu com o que ele está fazendo”.

 
Matérias Relacionadas