Três bombeiros dos EUA morrem em queda de avião na Austrália

Corpo de Bombeiros Rural afirma que a aeronave estava em atividades de rotina de bombardeios de água no momento do acidente

Por  Zusmee Byamba

Um avião canadense usado para combater incêndios na Austrália caiu no sul de Nova Gales do Sul na quinta-feira, matando três bombeiros dos Estados Unidos.

Scott Morrison, primeiro-ministro da Austrália, escreveu no Twitter: “Estou profundamente entristecido ao saber da morte de três pessoas no acidente de uma aeronave C130 de combate a incêndio, a nordeste de Cooma, em NSW, hoje cedo. Minhas mais profundas condolências aos entes queridos, amigos e colegas daqueles que perderam a vida. Que tragédia terrível”.

Belinda Greene, uma recepcionista do Bredbo Inn Hotel perto do local do acidente, disse que ouviu carros da polícia no início da tarde.

Sim Monica “Vimos muita fumaça de repente algumas horas atrás”, disse ela à Reuters.

O Corpo de Bombeiros Rural disse que a aeronave estava em atividades de rotina de bombardeios de água no momento do acidente.

De acordo com os dados de voo do site de rastreamento de vôo Flighttradar24, a aeronave partiu da base da força aérea de Richmond em Sydney às 12h15 e desligou o radar depois das 14h  em Peak View, ao sul da capital Canberra.

Peak View é uma região próxima ao incêndio no Parque Nacional Wadbilliga.

Esses aviões-tanque costumam transportar 15.000 litros de água ou retardantes de fogo para ajudar a apagar incêndios, informou o National Post.

“Tragicamente, parece não haver sobreviventes como resultado do acidente na área de Snowy Monaro”, disse à ABC o comissário de bombeiros rurais de NSW Shane Fitzsimmons.

 “[A aeronave] teve um forte impacto no solo e os relatórios iniciais são de que houve uma grande bola de fogo associada ao impacto do avião quando atingiu o solo”, disse Fitzsimmons.

 “Nossos pensamentos, orações e condolências sinceras vão para suas famílias”, disse a primeira-ministra da Nova Gales do Sul Gladys Berejiklian na quinta-feira.

“Hoje novamente demonstra que a temporada de incêndios está longe de terminar.”

Segundo o National Post, as autoridades fecharam o aeroporto de Canberra devido aos incêndios fora de controle nas proximidades, e moradores e empresários foram informados de que era tarde demais para sair.

O número total de mortos pelos incêndios na Austrália é de 32 desde setembro, com cerca de um bilhão de animais mortos.

 
Matérias Relacionadas