Transformando uma vida de vícios em duas semanas: a história de Sterling Campbell, baterista de estrelas do pop internacional

Sterling Campbell começou sua trajetória musical aos 12 anos e nunca mais parou, conseguindo espaço como baterista de várias estrelas da música internacional.

Mas o ambiente onde ele estabeleceu seu nome e o consagrou como músico de elite, também contribuiu para uma vida desregrada e imersa nos mais variados vícios e hábitos prejudiciais.

Sterling tentou por anos abandonar esse círculo vicioso, mas seus esforços nunca eram fortes o suficiente para blindá-lo contra a influência de ambientes onde as drogas e o álcool eram presenças constantes e naturais.

Mas em 1998 enquanto o músico caminhava pelo Parque Riverside, na Região Oeste de Nova Iorque, ele não conseguiu desviar os olhos de um grupo que praticava os exercícios do Falun Gong.

“Na minha visão periférica, eu vi algumas pessoas praticando o Falun Gong. Fui em direção a elas”, lembrou Campbell.

“Eu já havia tentado acabar com o vício, mas não havia dado conta. Duas semanas depois de começar a praticar o Falun Gong, descobri que eu não tinha mais vontade de fumar, beber nem usar drogas”, explicou.

Depois deste primeiro contato, Campbell começou a ler o livro principal do Falun Dafa, conhecido como Zhuan Falun e praticar diariamente os exercícios, conseguindo então, eliminar todos os vícios que o aprisionavam e finalmente entrar num círculo virtuoso, que permanece até hoje, mais de 20 anos depois.

 

Veja também:

 
Matérias Relacionadas