Trabalhar e se divertir no espaço? NASA concede US $415,6 milhões para novos centros espaciais

Agência espacial dos EUA quer atrair empresas privadas ao espaço

Por Reuters

SEATTLE – A NASA anunciou, na quinta-feira, que concedeu US $415,6 milhões às empresas: Blue Origin, do bilionário Jeff Bezos, Northrop Grumman Corp., robusta empreiteira e Nanoracks, empresa de capital de risco, para desenvolverem estações espaciais privadas e operadas comercialmente.

O trio de prêmios é um emblema dos esforços da agência espacial dos EUA para atrair empresas privadas, permitindo uma economia comercial liderada pelos americanos, em órbita terrestre baixa (LEO), enquanto a icônica Estação Espacial Internacional potencialmente irá se aposentar no final da década.

A NASA concedeu US $130 milhões à Blue Origin para ajudar a desenvolver sua estação espacial, Orbital Reef, inaugurada há cerca de cinco semanas, em parceria com a Sierra Space e a Boeing Co., a Blue pretende lançar a espaçonave na segunda metade desta década.

A Blue Origin percebe a Orbital Reef como um centro para indústrias comerciais, como manufatura, entretenimento, esportes, jogos e viagens de aventura. Ela também pretende ser um lar para missões tripuladas e de carga da cápsula Starliner da Boeing e do avião espacial Dream Chaser da Sierra Space.

“Ninguém sabe como os mercados comerciais em órbita terrestre baixa se desenvolverão, mas pretendemos descobrir”, afirmou Brent Sherwood, vice-presidente sênior do programa de desenvolvimentos avançados da Blue Origin, em um comunicado.

A Nanoracks, com sede em Houston, ganhou o maior prêmio, de US $160 milhões, pela estação espacial Starlab que está construindo com a Lockheed Martin Corp. e a Voyager Space. Com as operações previstas para começarem em 2027, a Starlab contará com um grande habitat inflável, um cápsula de encaixe metálico, um braço robótico para cargas e um laboratório de pesquisa.

“Esta oportunidade abre possibilidades de longo alcance para pesquisa crítica e atividade industrial comercial em LEO”, afirma a presidente-executiva da Nanoracks, Amela Wilson.

A NASA também concedeu US $125,6 milhões à empreiteira de defesa e espaço Northrop Grumman Corporation.

“Nossa estação possibilitará… missões comerciais sustentáveis ​​nas quais a NASA não arcará com todos os custos, mas servirá como um dos muitos clientes”, declarou Steve Kerin, vice-presidente da Northrop Grumman para o espaço civil e comercial.

Por Eric M. Johnson

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas