Tonga se reconecta à Internet após 5 semanas do tsunami

Cerca de 90 quilômetros de cabos danificados pelo tsunami foram substituídos

Por Aldgra Fredly 

A conexão com a Internet de Tonga foi restabelecida na terça-feira, cinco semanas após a nação insular do Pacífico ter sido isolada do mundo exterior devido a uma enorme erupção vulcânica e subsequente tsunami que cortou um cabo submarino entre Tonga e Fiji.

A Digicel Tonga divulgou um comunicado na terça-feira afirmando que a conectividade de dados foi restaurada na ilha principal de Tongatapu após “múltiplas falhas e quebras” no cabo serem reparadas.

“A embarcação de reparo do submarino trabalhou por mais de duas semanas para consertá-lo”, afirmou a empresa.

Samiuela Fonua, presidente da estatal Tonga Cable Ltd., relatou que cerca de 90 quilômetros de cabos danificados pelo tsunami foram substituídos.

A correção significa que a Tonga Cable agora pode se concentrar em reparar um segundo cabo cortado que conecta algumas das ilhas externas à ilha principal, afirmou Fonua. Esse cabo passa perto do vulcão submarino.

A Digicel observou que o cabo doméstico de Tonga permanece inativo, resultando em nenhuma conexão com a ilha de Vava’u.

“A equipe técnica da Digicel configurou o link de satélite para restaurar a conectividade da ilha de Ha’apai e está trabalhando para tentar colocar Vava’u online novamente esta semana”, acrescentou.

O cabo de comunicação de fibra óptica de Tonga foi cortado pela erupção do vulcão Hunga Tonga-Hunga-Ha’apai e o tsunami subsequente, no dia 15 de janeiro, o qual destruiu uma vila inteira em uma de suas pequenas ilhas externas e matou pelo menos três pessoas.

O governo anunciou em 18 de fevereiro que a SpaceX de Elon Musk doou 50 terminais de abertura muito pequena (VSATs) para Tonga para ajudar a restabelecer a conectividade na nação insular do Pacífico.

A doação veio em resposta a uma carta escrita a Musk pelo membro do Parlamento da Nova Zelândia, Shane Reti, solicitando que Musk fornecesse seu serviço de Internet via satélite Starlink para Tonga.

“Fico feliz que meu tweet foi escolhido e que podemos fazer a diferença. Os cabos submarinos estão tão danificados que o navio de reparo de cabos Reliance não tem suprimento suficiente no navio”, afirmou Reti em um post no Twitter.

Fonua afirmou que sua empresa testou as conexões via satélite esta semana, e que elas estavam funcionando bem. Ele expressou esperança de que as conexões da SpaceX possam ser usadas para reconectar pessoas em algumas das ilhas externas.

Tonga também está enfrentando seu primeiro surto de coronavírus, que pode ter sido trazido por equipes militares estrangeiras a bordo de navios e aviões que entregavam ajuda vital após a erupção.

A nação insular foi colocada em confinamento após dois trabalhadores no porto de Nuku’alofa testarem positivo para a COVID-19, com todas as cargas e voos entre ilhas cancelados ​​até que o bloqueio seja suspenso.

A Associated Press contribuiu para esta reportagem.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas