Toffoli determina que Petrobras forneça combustíveis a navios iranianos ancorados no Paraná

Sendo um forte apoiador do presidente estadunidense Donald Trump, Bolsonaro avisou os exportadores sobre os riscos do comércio com o Irã, destacando que o Brasil apoia os EUA em relação à sua política no Oriente Médio

Por Agência Sputnik Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal do Brasil, Dias Toffoli, decidiu nesta quarta-feira (24) autorizar a Petrobras a fornecer combustível a dois navios iranianos que permanecem ancorados ao largo do porto de Paranaguá (PR), por falta de combustível.

A Petrobras se recusava a vender combustível às embarcações iranianas, afirmando que os navios estão na lista de empresas sancionadas pelos Estados Unidos.

A justificação da empresa brasileira era de que, se fornecesse o combustível às embarcações ancoradas, a própria companhia estaria sob o risco de sofrer sanções do governo americano, escreve a Folha de S.Paulo.

Sem combustível, as embarcações iranianas que transportam milho brasileiro não conseguiriam voltar ao Irã. De acordo com as informações, o navio iraniano Bavand está carregado com 48 mil toneladas de mercadoria, enquanto o outro se encontra vazio.

Sendo um forte apoiador do presidente estadunidense Donald Trump, Bolsonaro avisou os exportadores sobre os riscos do comércio com o Irã, destacando que o Brasil apoia os Estados Unidos em relação à sua política no Oriente Médio.

O Brasil exporta mercadorias no valor de cerca de US$ 2 bilhões (R$ 7,5 bilhões), principalmente carne, milho e açúcar, sendo que Teerã compra um terço de todas as exportações do milho brasileiro.

Link para a matéria original: https://br.sputniknews.com/brasil/2019072514274624-toffoli-determina-fornecer-combustivel-aos-navios-iranianos-ancorados-no-parana/

 
Matérias Relacionadas