TJ-SP determina suspensão de pagamentos da Odebrecht à empresa em que Moro é sócio-diretor

Por Brehnno Galgane, Terça Livre

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo determinou a suspensão dos pagamentos da Odebrecht à empresa que o ex-ministro Sergio Moro presta consultoria, a Alvarez & Marsal. A decisão foi proferida na última quarta-feira (17) pelo magistrado João de Oliveira Rodrigues Filho, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais.

A construtora Odebrecht, no âmbito da operação Lava Jato, teve diversos executivos condenados pelo ex-juiz Sergio Moro. Por causa desse possível conflito de interesses, o juiz Rodrigues Filho determinou a suspensão dos pagamentos à empresa de consultoria.

O TJ-SP também requisitou mais informações sobre a organização societária da consultoria e os termos contratuais.

Ainda no mês passado, o Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu investigar um possível conflito de interesses relacionado ao novo cargo do ex-juiz Sergio Moro.

“Soa deveras conflitante que, após ser investida na condição de administradora judicial das empresas do grupo Odebrecht, em 17 junho de 2019, a Alvarez & Marsal tenha incorporado ao seu quadro societário, em 30 de novembro 2020, o ex-juiz Sergio Moro”, escreveu o ministro Bruno Dantas, do TCU em seu despacho na investigação sobre a relação da Alvarez & Marsal com Moro.

Entre para nosso grupo do Telegram.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas