Tao Kan, um governador frugal e militar autodisciplinado

Tao Kan, um governador frugal e militar autodisciplinado (Blue Hsiao/The Epoch Times)

Apesar de ter nascido numa família humilde, Tao Kan (259-334 d.C.) se tornou um governador amplamente respeitado e um general de grande determinação e diligência durante a Dinastia Jin Oriental.

Quando seu pai faleceu, o jovem Tao Kan foi criado pela mãe, uma senhora rigorosa, mas com vontade forte. Ela queria que Tao Kan fosse bem-educado e uma vez vendeu o próprio cabelo para pagar uma refeição decente para o mentor de Tao Kan e seu filho a respeitava profundamente.

Tao Kan começou sua carreira como um funcionário do governo no comércio de peixe. Certa vez, ele reservou alguns peixes raros e os enviou para sua mãe. Ao descobrir que eram de propriedade pública, sua mãe devolveu os peixes, juntamente com uma carta que dizia: “Um oficial menor você é e peixes se tornam presentes. Quando você for chanceler um dia, será que fundos públicos viveram em nossa casa? Eu aprecio sua atenção, mas tais cuidados só me fariam mais preocupada. Para ser um oficial justo nunca faça algo do qual possa se arrepender.”

Ao ler a carta, Tao Kan ficou profundamente envergonhado, mas simultaneamente determinado a corresponder às expectativas de sua mãe de ser um oficial justo e honesto. A integridade de sua mãe teve grande influência sobre ele e ele viveu uma vida simples e frugal quando foi governador de províncias ou assumiu altas patentes militares.

Numa ocasião quando Tao Kan era governador, ele ordenou que se coletassem e armazenassem as sobras de materiais, como pedaços de bambus e lascas de madeira de um navio que havia sido construído. Quando as estradas se tornaram molhadas e escorregadias devido à neve no inverno, ele ordenou que as lascas de madeira fossem espalhadas na estrada para manter os viajantes em segurança. Mais tarde, quando uma guerra começou e cravos de bambus eram necessários urgentemente para a construção de navios, Tao Kan usou os fragmentos de bambus para produzir os cravos. Também há histórias de ele processar agricultores por negligenciarem ou desperdiçarem colheitas.

Mais tarde, Tao Kan se tornou um general de grande sucesso militar, mas foi incriminado por colegas invejosos de ascendência aristocrática. Como resultado, ele foi rebaixado e enviado para uma região remota para administrar questões civis. Ao invés de perder tempo com lamentos e autopiedade, todas as manhãs bem cedo, ele se exercitava movendo tijolos de sua sala de estudos para o pátio e logo após começava seu trabalho no serviço civil. À noite, ele movia esses tijolos de volta para a sala de estudo. Quando questionado por que fazia isto, ele explicou que assim sempre estaria pronto para servir a dinastia se necessário. De fato, ele foi reintegrado e pôde conduzir os pesados e complicados assuntos militares graças a sua determinação, paciência e exercícios diários.

Tao Kan é visto como um governador frugal e um militar autodisciplinado, um exemplo de determinação a inspirar pessoas de uma origem humilde a atingirem sucesso.

Para conhecer outras figuras históricas da antiga China, clique aqui.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas