Suposto ovo de dinossauro é colocado à venda no norte da Rússia

Por EFE

Moscou, 21 jan – Um morador da região de Arkhangelsk, no norte da Rússia, colocou à venda um suposto ovo de dinossauro com um embrião fossilizado no seu interior que teria mais de 65 milhões de anos, informou nesta terça-feira o portal de notícias local “Region29”.

A descoberta, de acordo com seu autor, foi feita em 2010 no rio Onega, também em Arkhangelsk.

Segundo o vendedor, o embrião – de cerca de 6 centímetros de comprimento – pertence à antiga espécie de terópodes e teria entre 65 e 120 milhões de anos.

O artigo foi colocado para venda em um portal na internet por 770 mil rublos (cerca de R$ 52 mil).

Doutor em ciências biológicas, Boris Filippov considerou em entrevista à agência “Interfax” que “existe a possibilidade” de que a descoberta seja autêntica, pois a área onde foi feita é conhecida por abrigar vestígios de períodos tão antigos quanto o proterozoico, entre 650 milhões e 2,5 bilhões de anos.

 
Matérias Relacionadas