Spray nasal pode reduzir a propagação do vírus do PCC, afirma estudo

“Embora nossos narizes filtrem milhares de litros de ar todos os dias, não há muita proteção contra infecções, e a maioria dos vírus transportados pelo ar são transmitidos pela passagem nasal”

Por Simon Veazey

Um spray nasal que retarda a infecção do vírus do PCC (Partido Comunista Chinês) foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Birmingham, que afirmam que ele pode ser aprovado e produzido em massa em semanas.

Em um estudo publicado na quinta-feira que ainda não foi revisado por especialistas, eles afirmam ter desenvolvido o spray a partir de compostos já amplamente aprovados por órgãos reguladores e usados ​​em dispositivos médicos, medicamentos e até produtos alimentícios.

Eles dizem que o spray não se destina a substituir máscaras ou lavar as mãos, mas que ele fornece uma proteção adicional em espaços lotados, como salas de aula e aviões.

“Embora nossos narizes filtrem milhares de litros de ar todos os dias, não há muita proteção contra infecções, e a maioria dos vírus transportados pelo ar são transmitidos pela passagem nasal”, disse o co-autor do estudo, o professor Liam Grover, em um comunicado. “O spray que formulamos oferece essa proteção, mas também pode impedir que o vírus seja transmitido de pessoa para pessoa”.

De acordo com os pesquisadores, o composto é projetado para revestir uniformemente a cavidade nasal, aderindo às células do nariz e, em seguida, revestir as partículas virais em um composto antiviral.

Eles afirmam que pode reduzir a carga viral no corpo e, assim, reduzir o risco de transmissão para outras pessoas.

Um diagrama da cavidade nasal mostrando como o novo spray funciona (Universidade de Birmingham)
Um diagrama da cavidade nasal mostrando como o novo spray funciona (Universidade de Birmingham)

Em seu estudo, eles descobriram que a infecção foi inibida por até dois dias em culturas tratadas com sua solução.

O composto é feito de dois polímeros polissacarídeos. O primeiro é um agente antiviral chamado carragena, comumente usado como agente espessante em alimentos. O segundo é chamado de gelano, que foi escolhido por sua capacidade de aderir às células dentro do nariz.

“Este spray é feito de produtos prontamente disponíveis que já estão sendo usados ​​em produtos alimentícios e medicamentos e nós propositadamente incorporamos essas condições em nosso processo de design”, disse o Dr. Richard Moakes, principal autor do artigo. “Isso significa que, com os parceiros certos, podemos iniciar a produção em massa em semanas”.

“Produtos como esses não substituem as medidas existentes, como o uso de máscaras e lavagem das mãos, que continuarão a ser vitais para prevenir a propagação do vírus”, disse Moakes. “O que este spray fará, no entanto, é adicionar uma segunda camada de proteção para prevenir e retardar a transmissão do vírus”.

A pesquisa ocorre no momento em que a Universidade de Oxford anuncia que sua vacina AstraZeneca parece ser eficaz em todas as faixas etárias, incluindo adultos mais velhos.

Criar uma vacina eficaz em adultos mais velhos é geralmente mais difícil, mas é importante para combater o vírus do PCC.

Siga Simon no Twitter: @SPVeazey

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas