Situação de Hugo Chávez é crítica

O presidente venezuelano ‘luta uma grande batalha’ contra o câncer e está próximo da morte, diz vice-presidente Nicolás Maduro
Estudantes acampam em protesto numa avenida em Caracas em 28 de fevereiro de 2013. Eles acreditam que o governo não está dizendo a verdade sobre a saúde do presidente venezuelano Hugo Chávez (Geraldo Caso/AFP/Getty Images)

O vice-presidente venezuelano Nicolás Maduro disse na quinta-feira que o enfermo Hugo Chávez está à beira da morte e luta por sua vida. No entanto, muitos venezuelanos acreditam que Chávez, que sofre de câncer, fará seu retorno ao poder.

Maduro disse que Chávez “luta uma grande batalha […] por sua vida, por sua saúde”, informou a Associated Press; e acrescentou, “e nós o acompanhamos”.

O anúncio certamente aumentará a especulação sobre se Chávez pode voltar ao poder. No início deste ano, a oposição venezuelana sustentou que se Chávez não podia atender a cerimônia de posse, ele não poderia assumir o poder e uma nova eleição deveria ser realizada. Esse impulso, no entanto, foi derrubado pela Suprema Corte do país.

Chávez não tem sido visto em público desde que foi para um hospital em Cuba receber tratamento de câncer. Uma foto dele com suas duas filhas surgiu algumas semanas antes dele voltar a Caracas, a capital da Venezuela. Mas ele não foi visto desde então.

O governo disse que Chávez respira através de um tubo traqueal após uma infecção respiratória num hospital militar, informou a AP.

Milhares de pessoas vestindo vermelho se reuniram em Caracas na quarta-feira para apoiar Chávez, informou a AFP. A manifestação foi provocada por especulações no Twitter e outros lugares de que o presidente havia falecido. Na quarta-feira, a CNN Chile informou que Chávez tinha morrido, citando declarações feitas pelo advogado panamenho que foi embaixador do Panamá junto à Organização dos Estados Americanos.

Um grupo de uma dúzia de estudantes universitários aglomerou-se no meio de uma avenida em Caracas em protesto contra a forma como o governo tem conduzido a situação de saúde de Chávez.

“Estamos convencidos de que Maduro está mentindo”, disse Villca Fernandez, de 30 anos, um estudante da Universidade de Los Andes, segundo a AFP.

O pesquisador Luis Vicente Leon disse que numa pesquisa recente cerca de 58% acreditam que Chávez se recuperaria, enquanto 30% dizem que ele não voltará ao poder, informou a AP. Mais de 12% disseram que não sabem o que ocorrerá.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas