Shen Yun encanta o mundo (9 de 9)

2012/09/20
Arte Divina, uma janela para a genialidade do Shen Yun Performing Arts

Quase esquecida no Oriente, a essência de uma cultura milenar ascende no Ocidente. Esta é a nona parte de uma série de nove artigos que exploram a cultura tradicional chinesa e que revelam uma compreensão mais profunda da talentosa companhia de dança clássica chinesa, sediada em Nova York: Shen Yun Performing Arts.

Uma colorida exibição de milhares de anos de cultura chinesa deixou maravilhada a platéia que lotou o teatro David H. Koch no Lincoln Center em Nova York para assistir o espetáculo Shen Yun Performing Arts. (Dai Bing/The Epoch Times)

Parecia ser inexequível ‘reviver uma cultura semidivina de 5.000 anos’, conforme a própria companhia Shen Yun Performing Arts, sediada em Nova York, se predispõe a fazer como descrito em sua missão estatutária.  Contando ainda com três equipes que se apresentam simultaneamente ao redor do mundo, é justamente isso que a companhia tem feito e tem conquistado prontamente novos s de todos os gêneros desde 2006.

No ano passado, o Shen Yun viajou para mais de 100 cidades em mais de 30 países e está esperando ultrapassar este número em 2012.

No último final de semana, o Shen Yun impressionou dezenas de milhares de espectadores em três dos mais importantes Centros Culturais da América do Norte: Nova York, Los Angeles e Toronto.  Com ingressos esgotados, o Shen Yun encantou toda a platéia, incluindo altos executivos da indústria das artes e da moda e autoridades governamentais.

Isso levanta a questão de como uma apresentação pode maravilhar um conjunto tão diversificado de pessoas? É aí que reside a magia de Shen Yun.  Ele encanta pessoas de todas as nacionalidades, idades e profissões.

Tão vasta competência simboliza uma verdadeira obra-prima universal, que combina o melhor do moderno com o tradicional. Enquanto os mais altos padrões técnicos para os bailarinos e músicos são cumpridos nas formas mais tradicionais, Shen Yun também incorpora o melhor da inovação – utilizando efeitos visuais arrebatores que causam suspense e emoção.

Abaixo está uma amostra e a opinião do público dos espectáculos realizados de 11 a 15 janeiro de 2012 em Los Angeles, Nova York e Toronto.

Sean O’Bryne e Kym Wilson, estavam entre os espectadores encantados no Dorothy Chandler Pavilion, na noite de sexta-feira, na estréia do Shen Yun. (Cortesia da Rádio Som da Esperança)

Los Angeles

“A porta de entrada para outro mundo … Ninguém pode fazer o tipo de dança que eles fazem”. (Sean O’Bryne, roteirista)

“É impressionante … espectacular … fiquei realmente inspirada e tenho que voltar e ver o show mais uma vez. ” (Victoria Ananyan, solista do Ballet San Francisco (depois de assisitir dois dias seguidos do show).

Nova York

“Uma vez que o show começou, eu fiquei muito comovida. … O espetáculo foi esplêndido, e a música…Nossa…lágrimas simplesmente caíram.” (Kelly Lin, pianista famosa)

“Quando assisti o Shen Yun, fui exposto à arte que alimenta o lado espiritual.” (Huang Xiang, poeta)

A famosa pianista Kelly Lin assistiu ao espetáculo do Shen Yun Performing Arts na tarde de domingo no Lincoln Center. (Cortesia da NTDTV)

Toronto

“Cada detalhe, cor, movimento …, puro prazer de se assistir.” (Stephen Woodworth, Membro do Parlamento Canadense)

“O espetáculo é fantástico. … A música é única. … “É calmante, quase medicinal.” (Paul Aumüller, VP do Grupo Newton)

Stephen Woodworth – Member of Parliament for Kitchener Centre assistiu ao Shen Yun pela segunda vez na quarta-feira e disse que o show oferece uma lembrança de esperança e coragem. (Cortesia da NTDTV)

Para saber maiores informações sobre o Shen Yun Performing Arts e a cultura chinesa, ver o calendário da turnê do Shen Yun no mundo em 2012, e para informações sobre ingressos, visite www.shenyunperformingarts.org

Epoch Times publica em 35 países em 19 idiomas e é um patrocinador orgulhoso do Shen Yun Performing Arts.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT