Seres humanos representam 40% do tráfego global na internet

Bots são aplicativos de software projetados para executar tarefas automatizadas, como compilar análises, indexar websites e otimizar mecanismos de busca – bem, pelo menos os bons bots fazem isso. Os bots maus, utilizados por hackers e espalhadores de spam, tendem a assumir o controle de seu sistema com intenções maliciosas, como distribuir spam, fazer phishing em websites, instalar spyware e malware etc. Juntos, os bots bons e maus representam a maioria do tráfego da web, segundo um estudo da Incapsula, um serviço de segurança e monitoramento do tráfego da web.

Enquanto os seres humanos são responsáveis por apenas 40% do tráfego, os bots cobrem o resto, quase igualmente dividido entre os bons e maus. As conclusões foram baseadas em cerca de 1,45 bilhão de visitas de bots num período de 90 dias a milhares de sites na rede da Incapsula em 249 países. Este cálculo não é nada em termos de números reais de atividades de bots na web. Mas isso não nos dá uma ideia geral para estimar o uso da web entre humanos e bots.

A atividade legítima de bots tem aumentado consideravelmente no último ano. Isso pode ser atribuído, principalmente, a novos e refinados algoritmos e à postura proativa do Google em eliminar spam. Bots de motores de busca, como aqueles usados pelo Google e Bing, constantemente vasculham as paisagens da web para se atualizar sobre alterações em website e oferecer resultados mais consistentes e relevantes para os usuários.

Embora a porcentagem de bots maus tenha diminuído ao longo do ano, eles ainda são responsáveis por mais de 30% de todo o tráfego na internet, segundo o relatório. Esses imitadores agem principalmente reunindo informações de mercado e retardam o funcionamento de websites degradando o serviço, enquanto os mais perigosos instalam ferramentas de hacking e espalham spam. Eles percorrem as vastas redes em busca de brechas para se esgueirar e causar problemas.

(Statista.com)
(Statista.com)

Veja outras estatísticas no website Statista

 
Matérias Relacionadas