Ruptura provocada por guerra na Ucrânia faz preços dos insumos agrícolas subirem quase 10% no primeiro trimestre: Eurostat

Por Reuters

A guerra na Ucrânia perturbou significativamente os mercados agrícolas globais ao elevar drasticamente os preços de produtos e insumos importantes, como fertilizantes e ração animal, disse o escritório de estatísticas da União Europeia nesta sexta-feira.

Os dados do Eurostat mostraram que o preço médio dos bens e serviços atualmente consumidos na agricultura aumentaram 9,5% no primeiro trimestre de 2022, em comparação com o último trimestre de 2021, incluindo um aumento de 21,2% para fertilizantes e corretivos do solo, 17,4% para energia e lubrificantes e 9,2% para ração animal.

O preço médio da produção agrícola aumentou 6% no mesmo trimestre, disse o Eurostat.

A invasão da Ucrânia pela Rússia, ambos grandes exportadores agrícolas, está interrompendo os embarques de óleos comestíveis e fertilizantes da região do Mar Negro, levando os preços do trigo, soja e milho perto das máximas históricas no início deste ano.

A Rússia também é um importante exportador de fertilizantes e a Ucrânia é um grande exportador de milho e óleo de girassol.

O preço médio de fertilizantes e corretivos de solo quase dobrou no primeiro trimestre do ano em comparação com o mesmo período de 2021, enquanto os preços de energia e lubrificantes aumentaram 55,6%. O maior custo de cereais e energia se refletiu no aumento de 22,9% no custo médio da alimentação animal.

Os preços da produção agrícola, como cereais, oleaginosas, gado, aves e leite saltaram entre 51,7% e 21,4% no mesmo período ano a ano, acrescentou o Eurostat.

O executivo da UE reduziu na sexta-feira sua previsão para a produção de trigo mole no bloco em 2022/23 para bem abaixo do nível da temporada passada, mas manteve sua perspectiva de exportações recordes.

 

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas