Ricardo Salles fecha torneira que abastecia “ONGs” e indústria das palestras

“Pergunta para o brasileiro que mora na favela com o pé no esgoto se ele está preocupado com a discussão da mudança climática em Paris?"

Por Mateus Benfatti Almeida, Terça Livre

Mês passado, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi ao programa “Os Pingo nos Is“. No programa, o ministro explica que gastar dinheiro, energia, esforço e tempo para ficar discutindo mudança climática é deixar de investir no que realmente importa para a população.

“Pergunta para o brasileiro que mora na favela com o pé no esgoto se ele está preocupado com a discussão da mudança climática em Paris, ou se ele quer que canalize o córrego na porta da casa dele para o filho não ir para o hospital toda a semana“, argumentou.

“O cara tá acostumado a ficar fazendo palestra e tudo mais com dinheiro dos outros, ele pode discutir o que ele quiser, só não pede dinheiro pro Ministério”.

O ministro informa o motivo da gritaria das ONGs e das boquinhas:

“Eu vou paralisar o Ministério para ficar fazendo discussões e seminários, dando dinheiro para ONG fazer estudo?“, questionou.

“É isso que eles querem, que eu fique patrocinando dinheiro para o sujeito viajar de Paris, Londres, Londres para Roma…“, completou.

 
Matérias Relacionadas