Registros históricos da medicina tradicional chinesa (Parte 2)

Por Minghui.org

V. Comentários de Yu Yingzong sobre a medicina tradicional chinesa no Antigo livro de Tang

A seguinte história pertence ao Antigo livro de Tang, um dos mais importantes registros históricos oficiais da antiga China. Xu Yingzong foi um oficial do governo durante a Dinastia Tang, foi também um médico e trabalhava numa clínica do governo. No ano de 618, houve um surto de tuberculose que matou muita gente na província de Shaanxi. Embora a doença fosse considerada incurável por muitos médicos, a taxa de sucesso da terapia de Xu Yingzong era de quase 100%.

Um dos amigos de Xu disse-lhe: “A sua terapia é tão surpreendente, porque não a disponibiliza ao público?”

Xu Yingzong respondeu: “A eficácia da terapia depende do julgamento e dos pensamentos do médico. Tomar o pulso como diagnóstico é muito complexo, porque a situação muda caso a caso. Não existe terapia ou diagnóstico universal. Por isso é difícil passar a terapia ou os meios de diagnóstico usando palavras. Só é possível chegar a um bom entendimento praticando muito e pensando profundamente.”

“Existiram muitos médicos na história. A diferença entre os bons e os maus reside na capacidade de diagnóstico de cada um, porque o diagnóstico é o passo principal e mais importante de todo o tratamento. Se o doutor realiza um diagnóstico correto, então apenas uma ou duas plantas curarão a doença. Mas se o doutor não entender a verdadeira causa da doença, o tratamento não irá curar, não importa quantas ervas sejam usadas.”

“É igual a caçar coelhos sem saber onde estão os coelhos. Se muitos caçadores forem enviados e se dispararem balas casualmente, é possível apanhar um ou dois coelhos. Mas isso é apenas sorte. Não seria demasiado casual tratar os pacientes assim?”

“Tudo o que estou tentando dizer é que o diagnóstico por tomar o pulso é sutil e complexo. Não pode ser ensinado ou passado a outros por palavras. Por isso, eu não posso escrever livros sobre as minhas terapias.”

VI. A história de Sun Simiao no Antigo livro de Tang

Sun Simiao é um dos mais famosos e influentes doutores de medicina chinesa da história. Ele era chamado de “o rei das ervas” ou de “doutor divino”. O Imperador da Dinastia Sui tentou contratá-lo como oficial do governo, mas Sun rejeitou o convite.

Ele disse a seus amigos: “Eu não vou trabalhar para este governo. Daqui a 50 anos haverá uma nova dinastia e teremos um sábio como Imperador. Só então, irei sair e ajudá-lo.”

Cinquenta anos depois, Tang Taizong, o mais respeitado Imperador da história da China, tornou-se Imperador. Ele convidou Sun Simiao para a capital. O Imperador Tang ficou impressionado com a aparência jovem de Sun.

Tang Taizong disse: “Eu sempre respeitei cultivadores. Hoje, eu fiquei muito impressionado com o Sr. Sun e isto confirma o meu respeito.”

Sun Simiao nasceu no ano de 581 e faleceu no ano de 682. Um mês depois da sua morte, a sua aparência não mudou e o seu corpo não se decompôs, mas tornou-se muito leve. Quando foi colocado no caixão, as pessoas que o carregaram só sentiram o peso de suas roupas. Todos estavam estupefatos.

 
Matérias Relacionadas