Rara ameba devoradora de cérebros infecta pessoa na Flórida e leva autoridades de saúde a emitir aviso

Por Equipe EMG Inspired

Uma pessoa no Condado de Hillsborough, Flórida, contraiu uma infecção rara, mas muitas vezes fatal, de ameba que come cérebro, e o Departamento de Saúde do estado respondeu emitindo um aviso público.

O organismo microscópico unicelular, conhecido como Naegleria fowleri, vive em água fresca e morna e é normalmente encontrado nos estados do sul dos Estados Unidos durante os meses mais quentes do verão de julho, agosto e setembro.

As autoridades de saúde alertaram os habitantes locais para evitar o contato nasal com fontes de água doce, como água da torneira, lagos, rios e canais. O organismo é mais comumente contraído quando entra em contato com humanos que se envolvem em atividades recreativas, como nadar ou mergulhar. No entanto, beber não causa a infecção e a ameba não pode ser transmitida de pessoa para pessoa.

(Ilustração - Kateryna Kon / Shutterstock)
(Ilustração – Kateryna Kon / Shutterstock)

A ameba entra no corpo pelo nariz e migra para o cérebro, onde destrói o tecido cerebral e causa uma infecção potencialmente fatal, de acordo com os Centros de Controle de Doenças.

Os sintomas de Naegleria fowleri incluem náusea, febre, vômito, rigidez no pescoço e dores de cabeça; e geralmente é fatal, com a maioria dos casos resultando em morte dentro de uma semana.

O Departamento de Saúde não especificou o local onde o caso foi encontrado ou a condição do paciente, apesar de afirmarem que qualquer pessoa com os sintomas deve “procurar atendimento médico imediatamente, pois a doença progride rapidamente”.

(Ilustração - Air Images / Shutterstock)
(Ilustração – Air Images / Shutterstock)

“Lembre-se, esta doença é rara e estratégias de prevenção eficazes podem permitir uma temporada de natação segura e relaxante no verão”, acrescentou o departamento.

O CDC confirmou que os casos de infecção por Naegleria fowleri são raros nos Estados Unidos. Houve apenas 34 casos de infecção cerebral relatados nos Estados Unidos entre 2009 e 2018. Desses, 30 foram contraídos em água recreativa, 3 foram causados ​​por irrigação nasal com água da torneira e 1 foi por uso de água da torneira no quintal.

Como o Epoch Times é diferente de outras mídias?

O Epoch Times é a mídia independente que mais cresce na América. Somos diferentes de outras organizações de mídia porque não somos influenciados por nenhum governo, corporação ou partido político. Nosso único objetivo é levar aos leitores informações precisas e sermos responsáveis ​​perante o público. Não seguimos a tendência doentia no ambiente de mídia atual do jornalismo orientado a agendas e, em vez disso, usamos nossos princípios de Verdade e Tradição como nossa luz guia.

Estamos trabalhando dia e noite para cobrir o surto de vírus do PCC para você. Doar tão pouco quanto uma xícara de café ajudará a manter nossa mídia em funcionamento.

Ajude-nos agora doando um ‘CAFÉ’ para a equipe.

Veja também:

EUA exigem transparência de regime chinês diante de COVID-19

 
Matérias Relacionadas