Quais são os costumes do Festival das Lanternas da China

O Festival das Lanternas é uma das cinco festas tradicionais mais importantes na China. Sempre no 15º dia do primeiro mês do calendário lunar, este dia é o auge das festividades de Ano Novo e também marca o final das celebrações do Ano Novo. Este ano, ele cai em 14 de fevereiro, que por coincidência é o Dia dos Namorados.

O Festival das Lanternas, ou “元宵節” (Yuánxiāojié), como é chamado em chinês, tem diversas origens. O nome em si é importante, pois se relaciona com o primeiro mês do ano, ‘yuan’, e com uma palavra chinesa antiga para noite, ‘xiao’. Quanto ao momento, a primeira lua cheia do ano ocorre no 15º dia do primeiro mês lunar.

A maioria das lendas sobre a origem do festival remonta à Dinastia Han (206 a.C.–220 d.C.). Assim como a cultura tradicional chinesa está intimamente ligada ao mundo natural e a suas crenças, o Festival das Lanternas também está associado à religião e a lendas.

Uma das primeiras lendas conta como o primeiro imperador a unificar a China, Qin Shihuang, instituiu cerimônias elaboradas neste dia auspicioso para adorar Tai Yi, o Deus dos Céus. A esperança era receber bênçãos e graça divina no Ano Novo. Mais tarde, em 104 a.C., Han Wudi tornou o evento uma celebração oficial, com uma cerimônia que durava até o dia seguinte.

Outras lendas sugerem que lanternas vermelhas e brilhantes foram criadas e eram exibidas para lograr os deuses para fazê-los acreditar que uma aldeia que fora alvo da ira divina já estava em chamas e não havia necessidade de ser destruída. No entanto, outra história sugere que, além da exibição das lanternas, os bolinhos doces tangyuan, também chamados ‘yuanxiao’, eram feitos para apaziguar um deus ofendido mas que gostava de doces.

Na China, há muitas maneiras de celebrar o festival. No entanto, as lanternas e os yuanxiao são os dois itens mais populares no dia e se tornaram os símbolos do festival.

Comendo yuanxiao

Durante a Dinastia Song (960-1279 d.C.), comer yuanxiao se tornou uma parte importante do Festival das Lanternas. O yuanxiao, também chamado ‘tangyuan’, é um pequeno bolinho de massa em forma de bola feito de farinha de arroz glutinoso ou farinha de trigo e com recheio dentro. Eles podem ser cozidos na água, cozidos no vapor ou fritos. A forma redonda do bolinho de massa simboliza a união e coesão da família.

Nos tempos antigos, o yuanxiao era geralmente recheado com açúcar, nozes, gergelim, pétalas de rosa, casca de tangerina adoçada, pasta de feijão vermelho, tâmara, pasta de semente de lótus ou frutos secos. Um único ingrediente ou alguma combinação podiam ser utilizados. Modernamente, surgiram variedades salgadas preenchidas com carne moída, legumes ou uma mistura dos dois.

O método de preparo do Sul da China envolve moldar a massa de farinha de arroz em bolas, fazer um buraco, inserir o recheio e depois alisar o bolinho e enrolá-lo nas mãos.

No Norte da China, recheios doces ou sem carne são os ingredientes habituais. O enchimento ou recheio é pressionado como um núcleo compacto; este é levemente mergulhado em água e então enrolado num cesto plano contendo farinha de arroz glutinoso seca. O núcleo é rolado e enrolado na farinha, como se fazendo uma bola de neve, até que atinja o tamanho desejado.

Embora os tipos de yuanxiao variem de lugar para lugar, para o povo chinês, comer yuanxiao com a família reunida numa atmosfera alegre é a parte mais importante deste dia.

Desfrutando as lanternas brilhantes

Diz-se que o segundo Imperador Ming da Dinastia Han Oriental (25-220 d.C.) era um budista devoto. Ele estabeleceu o costume de realizar o Festival das Lanternas no 15º dia do primeiro mês lunar.

O Imperador Ming foi coroado em 57 d.C. e reinou por 19 anos. Quando ele soube que os monges na Índia se reuniam para adorar uma relíquia de Buda no 15º dia do primeiro mês lunar, Ming decidiu aproveitar a ocasião auspiciosa para adorar o Buda também. Ele realizou cerimônias de “Iluminação do Buda” no palácio durante a noite com muitas lanternas iluminadas. Era muito bonito. Os templos na China seguiram o costume primeiro, e depois ele se espalhou pelas famílias.

Com o aumento da influência cultural do budismo e do taoísmo em dinastias posteriores, o costume de “iluminar-se” no 15º dia do primeiro mês gradualmente se espalhou por toda a China.

Lanternas tradicionais eram grandes e coloridas, muitas vezes imitando a arquitetura chinesa antiga ou arredondadas. A estrutura era geralmente feita de bambu, que seria então coberta com papel colorido ou seda.

Nos tempos modernos, folhas de plástico cobrem armações de arame. Lanternas com desenhos animados, de vidro e eletrônicas podem ser vistas entre as lanternas clássicas.

Parques de lanternas são construídos em toda a China apenas para o festival. As pessoas podem apreciar as obras de arte coloridas durante o dia e acendê-las e apreciar seu brilho deslumbrante durante a noite. A cena é tão maravilhosa que praticamente todos saem para apreciar as lanternas ou participar na brincadeira dos enigmas da lanterna com suas famílias e amigos.

Resolvendo enigmas

Enigmas da lanterna são escritos diretamente nas lanternas penduradas. Durante o festival, as pessoas podem adivinhar a resposta de um caractere, um poema ou uma frase. Os enigmas geralmente consistem de três partes: o enigma, uma dica (se é uma pessoa, coisa, caractere ou raciocínio) e uma resposta.

Para descobrir um enigma da lanterna, você deve refletir sobre o significado mais profundo de cada caractere ou palavra no enigma. Aquele que resolve a maioria dos enigmas é considerado a pessoa mais sábia daquele ano e lugar. Eis alguns exemplos de enigmas:

Enigma: Alguns irmãos se sentam juntos em torno de um poste. Quando eles são separados, suas roupas são rasgadas.
Dica: Coisa
Resposta: Alho

Enigma: Que edifício tem mais histórias?
Dica: Coisa
Resposta: Biblioteca

Enigma: O que é mais rápido, quente ou frio?
Dicas: Raciocínio
Resposta: Quente, porque você sente calor, mas pega resfriado.

Num ambiente tradicional, muitas risadas e aplausos marcam este evento habitual.

Outras celebrações do festival

Além de comer os deliciosos yuanxiao e resolver enigmas de lanternas coloridas; em diferentes partes da China há outras atividades para comemorar o festival.

Soltar fogos de artifício: Fogos de artifício são uma parte importante deste feriado nas comunidades chinesas em todo o mundo. Acender fogos de artifício, que são principalmente destinados a produzir muito ruído, visaria a afugentar espíritos malévolos, afastando assim o infortúnio.

Dança do Dragão: Chineses consideram o dragão como uma criatura sagrada. Por mais de 2 mil anos, a Dança do Dragão tem sido uma forma de dança tradicional e agora é um evento regular no Festival das Lanternas da China. Ele é realizado por um grupo de pessoas que carregam partes do dragão, da cabeça à cauda, numa linha fluida conectada.

Dança do Leão: A dança do leão é outra forma de dança tradicional na cultura chinesa. Nesta dança, dois artistas imitam os movimentos de um leão num elaborado traje de leão. Isso normalmente inclui alguns saltos acrobáticos e destreza admirável.

Caligrafia: Alguns calígrafos de aldeia exibem suas formidáveis habilidades escrevendo enigmas em lanternas ou pintando quadros durante o Festival das Lanternas.

Teatro de fantoches: Este show de marionetes destaca bonecos de madeira articuláveis e tem suas raízes nos tempos antigos. Fantoches de cordas, varetas ou de mão são usados habilmente para encantar crianças.

Jogo de sombras: Também conhecido como fantochada de sombras; o jogo de sombras envolve formas recortadas de figuras que são postas entre uma fonte de luz e uma tela translúcida. Vários efeitos podem ser obtidos movendo-se os bonecos e a fonte de luz. Esta é uma forma antiga de contar histórias e entretenimento.

Correndo para afastar 100 doenças: Grupos de mulheres chinesas, especialmente em Taiwan, saem para passear à noite durante o Festival das Lanternas. Elas também visitam a cidade ou o interior, admiram a paisagem ou vão aos templos. Acredita-se que sair de casa neste período afastará doenças e conservará a saúde durante o ano.

O Festival das Lanternas é considerado o festival mais recreativo ou participativo na China. Praticamente todos estão envolvidos em algum nível e poetas eminentes na história chinesa têm narrado as tradições do festival.

Embora os costumes do Festival das Lanternas tenham mudado significativamente ao longo dos anos, apreciar as lanternas e comer yuanxiao continuam sendo costumes principais observados nas celebrações do povo chinês em todo o mundo.

 
Matérias Relacionadas