Programa de educação artística encurta distâncias com música

A Orquestra do Centro Nacional de Artes de Ottawa faz muitos trabalhos de aproximação e educação artística com crianças.

Mas aproximação adquiriu um significado completamente novo em outubro de 2012, quando membros do OrKidstra em Ottawa participaram de uma teleconferência com o Clube de Fiddle Iqaluit, em Nunavut, para partilhar e aprender uns com os outros, enquanto cada um assistia em uma tela grande em seus respectivos locais.

As crianças no ginásio da Escola Elementar Nakasuk viram nove cantores inuítes (nação indígena esquimó que vive nas regiões árticas do Canadá, Alasca e Groenlândia) e bateristas do programa Nunavut Sivuniksavut (NS) realizarem o número de abertura, em Ottawa.

NS é um programa de educação em Ottawa para inuítes graduados no ensino médio que passam oito meses na escola afiliada Algonquin College.

“Uma das grandes coisas é o aspecto cultural, que é mais uma atividade extracurricular na escola. Isso realmente dá às crianças uma forte compreensão cultural e de onde vieram”, explica Rebecca Mearns, uma graduada do programa e agora instrutora.

“Ser capaz de aprender as músicas guturais e as compilações de percussão que se conectam com o lugar de onde eles vieram e, se possível, levar isso para o futuro com eles e compartilhar com outras crianças, como fizeram hoje.”

Depois de todas as crianças em ambos os locais se apresentaram, eles participaram de uma “pergunta e resposta” intitulada Estime seu instrumento – ele é a sua voz.

Dois violinistas tocaram em Iqaluit e um quinteto em Ottawa tocou uma peça curta, seguidos de duas meninas que apresentaram o canto gutural em Iqaluit, o que causou alguns risos entre as crianças em Ottawa.

“Há configurações de sons que você faz ao longo das canções e há uma quantidade de músicas diferentes, alguns deles imitam o ambiente, alguns deles imitam animais. As meninas fizeram o ‘Equipe Cão’, e também fizeram o ‘Serrote’”, disse Mearns, descrevendo o canto gutural.

“É para entretenimento e diversão. É para fazer os outros rirem, esse é o objetivo do jogo, você está tentando ganhar do seu parceiro. É por isso que as meninas começaram a rir no final e todo mundo se juntou a elas, porque é assim que deveria acabar”.

Algumas das crianças fizeram um círculo e falaram sobre o que a música significava para eles. Uma menina em Iqaluit disse: “Os médicos o curam fisicamente, a música cura sua alma e seu coração”.

O Clube de Fiddle Iqaluit tocou o “Hino à Alegria” de Beethoven (“Ode à Alegria”), que foi, então, repetido por ambos os jovens do norte e sul juntos.

Aqueles em Iqaluit cantaram ‘Amazing Grace’ em inuktitut (língua inuíte). Depois de uma breve lição em inuktitut, a música foi cantada novamente com a participação das crianças e do público em Ottawa.

OrKidstra é um programa de educação musical em Ottawa, com três componentes principais: KidPlayers, KidSingers e KiddlyWinks, para crianças de 5 a 16 anos. O programa “dá a oportunidade de aprender um instrumento musical, tocar em uma orquestra e/ou cantar em um coro”, diz o site.

Os membros da Orquestra do Centro Nacional de Artes fizeram uma turnê pelo Norte que foi de outubro até novembro de 2012, eles foram a várias comunidades do Norte para levar a música ao vivo e dividir o palco com artistas locais.

Como uma continuação em abril de 2013, centenas de artistas de todo o Norte estiveram em Ottawa para mostrar seu talento no Festival da Cena do Norte. As crianças de Ottawa foram a Iqaluit para se apresentar e encontrar os seus colegas músicos.

 
Matérias Relacionadas