Primeiro-ministro da Líbia escapa de atentado

O primeiro-ministro da Líbia, Abdullah al-Thani, escapou ontem (26) de tentativa de assassinato em Tobrouk, no leste do país. Desconhecidos atiraram contra o veículo em que seguia, segundo o representante do governo. A informação é da Agência Lusa.

“Homens armados abriram fogo contra a viatura do primeiro-ministro quando ele saía do local onde ocorreu sessão parlamentar”, disse Haten el-Ouraybi.

Leia também:
Egito: ex-presidente Mohamed Morsi é condenado à morte
Síria acusa Estado Islâmico de matar 400 civis em Palmira
Irã pretende montar grande exército como estratégia de dissuasão

Reconhecido pela comunidade internacional, o primeiro-ministro “saiu ileso, mas um dos seus guarda-costas ficou ferido”, disse a fonte, acrescentando ter se tratado de tentativa de assassinato.

O porta-voz do governo disse ainda que os executantes do ataque não foram identificados.

A Líbia está à beira do caos desde a destituição de Muammar Khadafi em 2011. Desde então, as milícias fazem sua própria lei.

A ONU tem procurado saídas para terminar com o conflito que opõe diferentes forças.

 
Matérias Relacionadas