Prêmio Jabuti 2012 reconhece 87 obras nacionais

A entrega das estatuetas aconteceu durante cerimônia na Sala São Paulo
Autora Roberta Malta Saldanha (à esquerda), 2º lugar na categoria Gastronomia, ao lado de representante da editora SENAC ( Luís Fernando Novaes / Epoch Times)

Ontem, por volta das 21h, na Sala São Paulo, aconteceu a entrega do 54º Prêmio Jabuti de Literatura, um dos prêmios literários mais importantes do Brasil. Um total de 113 obras literárias foram reconhecidas por autoridades da Câmara Brasileira do Livro, que recebeu para a edição deste ano um 2.203 inscrições de obras publicadas no Brasil em 2011.

As obras premiadas foram divididas em 29 categorias, entre elas Gastronomia, Arquitetura e Urbanismo, Romance, Reportagem, Biografia e Fotografia, foram classificadas em 1º, 2º e 3º lugares.

Em discurso durante o evento, a Presidente da Câmara Brasileira do Livro, Karine Pansa, afirmou que “O maior dos desafios propostos pelos livros está em repensarmos sobre nós mesmos. Os livros vencedores têm textos que exploram com qualidade e sentimento as palavras”.

José Luiz Goldfarb, curador do Jabuti, ressaltou em seu discurso que antecedeu a entrega dos prêmios que “a cidadania moderna passa pela leitura de livros de ficção e não-ficção”.

A escritora Roberta Malta Saldanha, ganhadora do 2º lugar na categoria Gastronomia com a obra Histórias, Lendas e Curiosidades da Gastronomia (Editora SENAC), teve como inspiração para o livro o universo da história da alimentação. Entre as histórias descritas pela autora do livro está a lenda que defendia que os tomates eram venenosos e a chegada do garfo no cotidiano das refeições.

“Receber o prêmio Jabuti em meu 2º livro está sendo um sonho. Para mim foi uma grande surpresa. Fiquei muito honrada porque concorri com escritores maravilhosos e alguns deles foram meus gurus. Estou em estado de glória.”, comemorou.

O prêmio máximo do Jabuti que intitula os melhores livros do ano de ficção e não ficção foi entregue a duas escritoras relacionadas com as organizações Globo, a jornalista Miriam Leitão, pela obra Saga brasileira: a longa luta de um povo por sua moeda (Record), e a dramaturga e escritora Stella Maris Rezende, por A Mocinha do Mercado Central (Globo). Além da estatueta, as escritoras receberam um prêmio em dinheiro no valor de R$35.000.

A seleção de jurados do prêmio foi composta por técnicos da Câmara Brasileira do Livro (CBL), Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), Associação Nacional de Livrarias (ANL) e Associação Brasileira de Difusão do Livro (ABDL).

Confira no site oficial do evento a lista completa de obras ganhadoras do 54º Prêmio Jabuti 2012.

Epoch Times publica em 35 países em 19 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas