Prefeito de São Paulo promete vetar ideologia de gênero

Por Brehnno Galgane, Terça Livre

O prefeito da cidade de São Paulo, Ricardo Nunes, anunciou nessa quinta-feira (8) que vai vetar o trecho do Projeto de Lei (PL) do vereador Eduardo Suplicy (PT) que defendia o ensino da ideologia de gênero nas escolas públicas do município.

Conforme noticiou o Terça Livre, o projeto foi aprovado no final do mês de junho com um “cavalo de Troia” em seu texto. Momentos antes da votação do texto, o autor do PL, vereador Eduardo Suplicy, apresentou um texto substitutivo ao projeto original, incluindo a imposição do ensino da ideologia de gênero.

A proposta do petista defende uma suposta “economia solidária” que, além de um projeto de economia socialista, promoveria também a erotização de crianças, tentando ensinar, por exemplo, que não existe homem e mulher, mas uma “construção social”. Após a repercussão, o petista Eduardo Suplicy tentou alegar que foi alvo de “fake news” e que tudo foi um mal-entendido.

O analista político Italo Lorenzon, durante o Boletim da Manhã, criticou o atrevimento do vereador petista ao dizer que “tudo foi um mal-entendido”. Lorenzon também comemorou o anúncio do prefeito de São Paulo que vai vetar o trecho.

“Torço para que ele faça um bom trabalho”, comentou o analista, referindo-se a Ricardo Nunes.

Entre para nosso canal do Telegram.

Siga o Epoch Times no Gab.

 

 
Matérias Relacionadas