Povo da Bulgária apoia petição contra perseguição ao Falun Gong na China

A prática do Falun Dafa foi apresentada às figuras públicas e políticas búlgaras em uma reunião privada em 17 de março

Por Minghui.org

Falun Gong foi apresentado com sucesso pela primeira vez na cidade búlgara de Haskovo no início de março de 2018, em uma apresentação realizada por membros da prática. A apresentação contou com a participação de 40 pessoas, metade das quais aprendeu os exercícios depois. Os praticantes desta pequena cidade reuniram 420 assinaturas em apenas algumas horas em uma petição contra a perseguição à prática na China.

Durante conversas individuais após a apresentação formal, as pessoas praticamente sobrecarregaram os praticantes com perguntas adicionais. Vários adolescentes compartilharam o que aprenderam sobre a prática com pôsteres exibidos em suas escolas. Os diretores das escolas concordaram em exibir os cartazes depois de serem contatados pelos praticantes.

Um praticante compartilhou: “Durante todo esse tempo, os rostos das pessoas estavam iluminados, exceto quando mencionamos a perseguição. Era óbvio que eles condenavam a situação na China”.

Aqueles que não tiveram a oportunidade de assinar a petição ofereceram apoio moral aos praticantes do Falun Gong na China e elogiaram seus esforços em buscar justiça durante esses 18 anos de sofrimento.

420 pessoas em Haskovo mostraram seu apoio ao Falun Gong em apenas algumas horas (Minghui.org)
420 pessoas em Haskovo mostraram seu apoio ao Falun Gong em apenas algumas horas (Minghui.org)

A prática do Falun Dafa foi apresentada às figuras públicas e políticas búlgaras em uma reunião privada em 17 de março. Os participantes ouviram com grande interesse e respeito os princípios orientadores do Falun Dafa: Verdade-Benevolência-Tolerância. Alguns compraram cópias dos livros Zhuan Falun e Falun Gong, e alguns disseram que gostariam de se juntar aos praticantes para fazer os exercícios nos parques.

 
Matérias Relacionadas