Por que Rússia e China querem Cuba comunista?

Entrevista com Dr. Orlando Gutiérrez Boronat

Por NTD Notícias

Em 1959, a revolução comunista teve sucesso em Cuba. A partir de então, o país vive sob uma ditadura totalitária. No ano passado, multidões tomaram as ruas da ilha, pedindo pelo fim do regime comunista, mas veículos de mídia no exterior repetiram a narrativa do Estado cubano de que os protestos seriam por vacinas. Nessa, e em outras ocasiões, China e Rússia agiram para salvar o governo comunista em Cuba, enquanto buscavam afastar os EUA.

O que realmente ocorre em Cuba? Por que a continuidade do regime comunista na ilha participa tanto dos interesses russos e chineses?

Para entender mais, Joshua Philipp do Epoch Times, mídia irmã da NTD, foi a Miami e conversou com o Dr. Orlando Gutiérrez Boronat. Nascido em Cuba, ele se tornou um dos principais analistas e estudiosos sobre o regime comunista do país e é o coordenador da Assembleia da Resistência Cubana. A seguir, você confere destaques da entrevista.

Assista também:

 

 
Matérias Relacionadas