Por que a China está correndo para implementar a moeda digital

Ao anunciar seu programa de moeda digital, o PCC afirma que isso ajudará a China "a quebrar o bloqueio financeiro dos EUA e representará um marco na internacionalização do yuan"

Por Frank Xie

Opinião

Em abril deste ano, o regime chinês anunciou que lançaria um programa piloto de moeda digital. No início de agosto, os quatro maiores bancos da China (Banco da China, Banco de Construção da China, Banco Industrial e Comercial da China e Banco Agrícola da China) expandiram os testes de moeda digital em cidades de primeiro nível, como Shenzhen. Em meados de agosto, o Partido Comunista Chinês (PCC) acelerou repentinamente seu ritmo e planejou promover rapidamente o programa em todo o país.

Zhou Xiaochuan, ex-governador do Banco Popular da China (2002-2018), disse em 2016 que a China planejava substituir o papel-moeda por moeda digital em dez anos. Passaram-se apenas alguns anos e o PCC lançou às pressas o programa de moeda digital, bem antes de sua programação original. Aparentemente, a crise política da China, o declínio econômico e a crescente crise de sobrevivência do PCC levaram coletivamente à implementação apressada do plano antes do previsto.

Do que se trata a moeda digital lançada pelo PCC? É uma moeda eletrônica usada para substituir o papel-moeda. A moeda digital emitida pelo Banco Central da China é diferente da moeda virtual do mundo virtual e não depende de contabilidade anônima e descentralizada. É estritamente controlado pelo governo comunista chinês. Não é uma criptomoeda real, porque sua criptografia está no nível dos usuários e comerciantes, no máximo, não do regime e de seus bancos estaduais.

O yuan digital da China é chamado de “moeda digital (DC)” ou “pagamento eletrônico (EP)”, e o Banco Central da China continua sendo o emissor da moeda. Os registros de usuários exigem nomes reais. Pelo menos por enquanto, o yuan digital e o yuan em papel são equivalentes, e os dois podem ser trocados livremente. A moeda digital de nome real não tem as características de uma criptomoeda internacional, nem tem as características de verdadeiro anonimato e segurança.

Mu Changchun, diretor do instituto de pesquisa de moeda digital do Banco do Povo da China, revelou que, enquanto as pessoas tiverem carteiras digitais DC / EP em seus telefones celulares, a transferência de fundos pode ser tão simples quanto tocar em dois telefones. Eles nem precisam da internet. Em outras palavras, a moeda digital da China não requer acesso à internet, e os usuários podem usar o Near Field Message Exchange (NFC), semelhante ao Bluetooth, para concluir o pagamento. Isso é completamente diferente do Bitcoin e outras moedas digitais criptografadas que são baseadas na tecnologia blockchain. Suas características de confidencialidade são diferentes. Não é uma contabilidade descentralizada, muito menos um pagamento anônimo.

A chamada moeda digital da China é, na verdade, uma moeda eletrônica estabelecida há muito tempo, além da eliminação gradual do papel-moeda pelo banco central, simples assim. Muitos chineses se acostumaram a usar o pagamento móvel. Ele se tornou extremamente popular na China de hoje, uma vez que a maioria das transações e liquidações já estão em formato eletrônico. Mas ainda há muitas pessoas dispostas a usar papel-moeda porque podem negociar sem revelar suas identidades ou paradeiro. Para oficiais corruptos e de alto escalão do PCC, o papel-moeda pode ser escondido em lugares secretos, enquanto o uso de moeda digital exporá todos os seus ativos ilegais.

Vencedores e perdedores da moeda digital da China

De acordo com a edição chinesa da BBC, um funcionário do Banco Popular da China disse: “A moeda digital legal substituirá o dinheiro total em circulação (M0).” As autoridades chinesas também pedem que a moeda digital “substitua todas as moedas” e que seja feita uma “reforma do sistema operacional da moeda”.

O Banco Central da China e os bancos estaduais são os maiores vencedores da digitalização de moedas. Eles não precisam mais imprimir, acompanhar e armazenar papel-moeda. Os caixas do banco não precisam mais de contadores de dinheiro e não precisam contar o dinheiro restante no final do dia. Também não há necessidade de cofre de banco, exceto para guardar ouro e joias. As empresas chinesas de comércio eletrônico estão entre as primeiras a cooperar com o governo para aceitar a moeda digital e também se beneficiarão do programa.

O maior perdedor é o povo chinês comum. Como quase todo mundo na China já usa o pagamento móvel hoje, mudar para moedas digitais não trará mais conveniência, mas o privará de mais privacidade e direitos.

O Banco Central da China afirma que as moedas digitais são descentralizadas e não podem ser rastreadas. Esta é uma mentira descarada. As autoridades chinesas podem rastrear as transações até o fim, já que o processo é altamente centralizado e estritamente controlado pelo governo.

O banco central também afirmou que “os detalhes do pagamento serão anônimos”. Na verdade, não é esse o caso. O governo e os bancos podem verificar facilmente os dados a qualquer momento.

Quando o PCC emite formalmente moeda digital, ele recuperará valores iguais de papel-moeda? Se não for dessa forma será o mesmo que imprimir dinheiro sem custos! Se os bancos chineses cobrarem papel-moeda em troca de moeda digital, haverá uma taxa de restrição? Quando a Coreia do Norte emitiu uma nova moeda há alguns anos, havia uma cota. Muitas pessoas sofreram grandes perdas por causa dessa restrição.

Se a mesma situação ocorrer na China, os oficiais corruptos do PCC irão chorar, mas o que eles perderão serão seus subornos e lucros ilegais; os chineses também vão chorar, porque o PCC vai acabar com todo o seu dinheiro suado.

A princípio, a moeda digital yuan pode ser usada para ouro e câmbio estrangeiro, assim como o papel-moeda. Entretanto, Chen Sijin, consultor do documentário “Wall Street” da CCTV, disse no Weibo que o chefe do departamento de política monetária do banco central deixou claro que a moeda digital do yuan não pode ser trocada por ouro e moeda estrangeira. Todo mundo entendeu a mensagem? Não é de admirar que alguns internautas chineses digam que a moeda digital yuan é apenas um cupom eletrônico de alimentação.

Por que o PCC lançou uma moeda digital?

Um motivo pode ser que você esteja preocupado com o esquema de moeda digital “Libra” promovido por gigantes da tecnologia dos EUA, como Facebook e moedas digitais internacionais em outros países ocidentais, e até mesmo Bitcoin, a moeda livre de manipulações estatais. Portanto, o PCCh tem um senso de crise e sente que precisa tomar medidas preventivas.

Os bancos estatais da China recentemente adquiriram à força empresas privadas como a Alipay do empresário Jack Ma e a WeChat Pay da Tencent. O regime está aparentemente a caminho de desempenhar um papel de monopólio no pagamento digital da China por meio dessa integração e apreensão.

A escala das transações de pagamento móvel de terceiros na China chega a 50 trilhões de yuans (US $ 7,23 trilhões), com Alipay e Tenpay respondendo por 55% e 39%, respectivamente. Os bancos estatais da China não estavam dispostos a enfrentar a pressão de aceitação do Alipay e Tenpay por muito tempo, mas com a digitalização do yuan, eles não terão mais essa preocupação. Ocorreram corridas a bancos em várias regiões da China de tempos em tempos nos últimos anos. Após a emissão da moeda digital, a carga sobre os pequenos bancos do PCC, que enfrentam corridas para saques, será aliviada.

Uma pesquisa realizada no ano passado pelo Banco de Compensações Internacionais (BIS) mostrou que a maioria dos bancos centrais tem projetos soberanos de moeda digital. A moeda digital “LBCoin” emitida pela Lituânia em julho deste ano é a primeira moeda digital do mundo emitida pelo banco central de um Estado soberano, mas é apenas um teste e é um sistema monetário híbrido, composto por tokens e moedas digitais de prata física, usada principalmente para coleção.

O governo dos EUA deixou claro que o Fed “não precisa emitir moedas digitais” e que o Fed está apenas estudando a “possibilidade” de moedas digitais dos EUA. O Japão, por outro lado, espera que o Federal Reserve dos EUA coopere com o Banco do Japão e seis outros bancos centrais para estudar em conjunto moedas digitais. Além disso, o plano do Japão é que, se a nova moeda digital dos países do G7 for lançada com sucesso, definitivamente não haverá lugar para a moeda digital do PCC.

Por que o PCC se apressou em lançar a moeda digital?

A maneira precipitada do PCC em lançar suas moedas digitais é na verdade inconsistente com seu comportamento normal. O PCC nunca foi um grande pesquisador ou pioneiro em economia e finanças, porque não ousa correr esse risco nessas áreas.

Quando o PCC promove a moeda digital, as apostas são extremamente altas, ao ponto de serem simplesmente surpreendentes. Por exemplo, uma vez que a moeda digital substitui completamente o papel-moeda, se algum inimigo do PCC está determinado a lançar uma guerra e atacar o sistema de computador do Banco da China usando a tecnologia de pulso eletromagnético (EMP), ele pode apagar a história de emissão de todas as moedas digitais, transações, transferências e pagamentos de uma só vez. Até mesmo seus registros eletromagnéticos de backup, como registros em hosts, discos e tambores de backup, serão apagados, porque são todos dados eletromagnéticos e o PCC não pode fazer uma cópia impressa para backup ou qualquer outro método não eletromagnético. Como o PCC pode imprimir os dados de backup em papel e usar registros perfurados? Isso não é viável porque a quantidade de dados é muito grande, uma cópia impressa não é econômica ou eficiente e é difícil de restaurar.

Eu apontei no artigo “As Quatro Principais Conspirações por Trás da Ambição da Blockchain do PCC”, publicado em novembro de 2019, que se há um país com um sistema de computador de última geração, mais rápido e mais forte do que todos os outros países, que use computadores quânticos e redes mais avançadas, também é possível que ele não tenha conhecimento da moeda digital desenvolvida pelo PCC no sistema 3G-4G e do sistema de criptografia convencional, e que tenha uma postura condescendente, assim como os militares dos Estados Unidos desenvolveram a aeronave de caça de quinta geração, permitindo-lhe quebrar a criptografia do PCC e destruir sua moeda digital. Os Estados Unidos já dominam essa tecnologia.

Ao anunciar seu programa de moeda digital, o PCC afirma que isso ajudará a China “a quebrar o bloqueio financeiro dos EUA e representará um marco na internacionalização do yuan”. Isso é simplesmente a ilusão de um sonhador.

Se os Estados Unidos realmente iniciarem o bloqueio financeiro, fará pouca diferença se o yuan for um papel-moeda ou uma moeda digital. O importante é que o valor do yuan despencaria. Além disso, após a digitalização do yuan, o PCC vai apertar seu controle e será mais fácil para ele manipular a taxa de câmbio. Será ainda mais difícil para outros países aceitá-lo. Portanto, o PCC alcançará o resultado oposto, dificultando a internacionalização do yuan.

Também há uma opinião de que não haverá um problema de moeda falsificada ao usar moeda digital. Também não é esse o caso. Assim que o sistema do PCC for hackeado, o yuan digital falso continuará a circular. Outros dizem que se a China estabelecer uma moeda digital, ela pode “se livrar das restrições e sanções ao dólar americano, porque pode liberar o comércio internacional contornando o sistema SWIFT”. Isso é ainda mais fantasioso. O sistema de moeda digital do PCC não pode se conectar ao SWIFT porque a transação não é em dólares americanos. Como você pode se livrar das sanções do inimigo se não consegue ver ou tocar o inimigo?

Em qualquer caso, em relação ao motivo pelo qual o PCC está liberando moeda digital de forma rápida e vigorosa, na minha opinião, existem sete razões possíveis.

A economia da China está em apuros, as crises alimentares estão se aproximando, as compras de grãos dos agricultores chineses são insuficientes e a compra e venda regulamentadas pelo Estado ressurgiram. Neste ponto, as cooperativas de fornecimento e marketing, economia planejada e “moeda planejada” são uma combinação perfeita.

A moeda digital pode ajudar a esconder e apagar a evidência da impressão insana de dinheiro do PCC causando inflação, saqueando pessoas comuns e transferindo seus ativos para funcionários corruptos.

A moeda digital pode digerir a enorme quantidade de fundos investidos no mercado imobiliário, o que pode esfriar o boom imobiliário.

Preparando-se para desvincular-se do dólar americano. Com o desacoplamento, o yuan se depreciará acentuadamente. Se o dinheiro for recuperado e uma grande quantidade de dinheiro for destruída, isso equivale à emissão de novas notas. A emissão de moeda digital como uma nova moeda tornará a desvalorização controlável.

Use moeda digital para monitorar pessoas, controlar dissidentes e manter o poder político.
O PCC usou big data, câmeras de vigilância, pagamentos móveis, afiliados do partido, comitês de bairro, etc. para construir o sistema nacional “1984” de primeira classe e mais fechado do mundo. Junto com a moeda digital, o PCC complementará o último elemento do “Estado policial” para
competir contra novas moedas digitais internacionais que podem ser lançadas por países do G7, como os Estados Unidos e o Japão.

Frank Tian Xie, Ph.D., é o Professor John M. Olin Palmetto de Negócios e Professor Associado de Marketing na Aiken University of South Carolina em Aiken, South Carolina, Estados Unidos.

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 

 
Matérias Relacionadas