Polônia poderá multar em €1,8 milhão rede social que censurar usuários

De acordo com projeto de lei, redes sociais não poderão remover conteúdo ou bloquear contas que não infringirem leis do país

Por Leonardo Trielli, Senso Incomum

O ministro da Justiça da Polônia, Zbigniew Ziobro (foto), apresentou um projeto de lei para coibir a censura das Big Tech no país europeu, informa a rede de televisão Poland In.

De acordo com Ziobro, o objetivo do projeto é assegurar aos usuários de internet que seus direitos estão protegidos e que suas postagens não podem ser removidas arbitrariamente das plataformas online.

“Muitas vezes, as vítimas de censura ideológica [têm seu conteúdo] removido ou bloqueado apenas porque expressam opiniões e referem valores que são inaceitáveis ​​para grupos com influência nas redes sociais “, disse o ministro.

Se um tribunal especial decidir a favor do usuário e o serviço de Internet não obedecer à decisão, pode sujeitar o serviço de Internet a uma multa de até oito milhões de zlotys poloneses (1,8 milhões de euros).

Apoie nosso jornalismo independente doando um “café” para a equipe.

Veja também:

 
Matérias Relacionadas