Piloto Ryan Newman está consciente e fala após acidente brutal no Daytona 500

O veículo de Newman foi atingido por Ryan Blaney e girou várias vezes no ar até parar em chamas

Por Yeneira Ortega

O americano Ryan Newman recuperou a consciência e conversou com médicos e familiares antes das primeiras 24 horas decorridas desde o acidente brutal que ele sofreu na segunda-feira na última volta do Daytona 500, informou a equipe da Roush Fenway Racing.

O piloto de 42 anos bateu com seu carro contra a parede de proteção do circuito do Daytona International Speedway a mais de 325 quilômetros por hora.

O veículo de Newman foi atingido por Ryan Blaney e girou várias vezes no ar até parar em chamas.

Newman, campeão das 500 milhas do Daytona em 2008, foi transferido para o Halifax Medical Center, onde continuará sua recuperação.

O americano Denny Hamlin venceu a competição pelo segundo ano consecutivo e pela terceira vez em sua carreira.

Blaney cruzou a linha de chegada em segundo.

O acidente de Newman nos lembrou a tragédia de 2001 no mesmo circuito, quando o americano Dale Earnhardt faleceu na última curva da Nascar Elite Cup.

Além de estabelecer todos os tipos de medidas estritas no uso de capacetes de proteção para a cabeça e o pescoço, enquanto o design do cockpit também fez grandes progressos, visando dar a máxima proteção aos pilotos.

 
Matérias Relacionadas