Peste destrói plantações no norte da China

Culturas no norte e nordeste da China foram atingidas por infestações de enormes “mariposas” desde o início de agosto com produção reduzida ou destruída. (Wikimedia Commons)

Culturas no norte e nordeste da China foram atingidas por grandes infestações de “mariposas” desde o início de agosto reduzindo ou destruindo completamente a produção. Vários agricultores morreram de envenenamento por pesticidas depois de tentarem salvar suas colheitas.

A ‘Spodoptera frugiperda’ é uma lagarta/mariposa e uma praga séria, assim nomeada devido a seus hábitos alimentares de consumir todo alimento disponível numa área antes de passar para a próxima.

A “terceira geração de mariposas”, o que significa que foi a terceira vez na história que elas apareceram, começou a assolar os campos de milho e arroz na Mongólia Interior, nas províncias de Hebei e Shanxi e em Pequim e Tianjin no início deste mês, informou o Diário dos Agricultores.

Na província de Liaoning, o surto foi descrito como o pior em 20 anos, segundo o Northeast News Online. Em 12 de agosto, as lagartas tinham coberto cerca de 140 mil hectares de terras agrícolas.

A cidade de Changchun, na província de Jilin, um dos principais produtores de grãos, também foi afetada por um surto grave, informou o China News Service. O Comitê de Agricultura de Changchun estima que cerca de 83.200 hectares de grãos foram destruídos, sendo o condado de Nongan a região mais atingida, com cerca de 42 mil hectares de grãos perdidos.

Um fazendeiro chamado Sr. Tang do condado de Nongan disse ao Epoch Times que as mariposas apareceram no início de agosto. “Agora, os campos de milho estão cheios de lagartas. Uma espiga de milho está coberta com 20 a 30 lagartas […] Se continuar assim, certamente haverá produção zero este ano”, disse Tang.

Outro fazendeiro, o Sr. Wang do condado de Wangben, província de Jilin, disse à Rádio Som da Esperança (SOH), que todas as folhas de milho foram rapidamente consumidas em áreas com grave infestação. “Houve áreas que sofreram danos muito graves. Eu acho que esses campos não produzirão nada este ano”, disse ele.

O Sr. Wang disse que alguns empresários têm elevado o preço dos agrotóxicos e equipamentos quando muitos agricultores já estão em dificuldades. “Máscaras que costumavam custar entre 8-10 yuanes, agora custam 30-40 yuanes. O preço do equipamento de pulverização de pesticidas aumentou de alguns milhares de yuanes para mais de 10 mil yuanes (1.572 dólares)”, disse ele.

De acordo com um relatório da mídia norte-americana em língua chinesa Boxun, alguns milhares de agricultores na província de Liaoning foram hospitalizados com intoxicação por agrotóxicos após pulverizarem fortemente suas colheitas. Alguns morreram e outros estavam em estado crítico depois de gastarem mais de 200 mil yuanes (31.436 dólares) em taxas hospitalares.

O relatório disse que os agricultores do município de Faku, na cidade de Shenyang, um grande condado agrícola na província de Liaoning, pediram as autoridades provinciais para despachar aviões e ajudar a pulverizar agrotóxicos. No entanto, os agricultores foram informados pelas autoridades municipais que eles têm de pagar primeiro e que as mortes dos agricultores não são de sua responsabilidade.

No município de Yemaotai da cidade de Shenyang, um jovem disse a um repórter do Boxun que jornalistas e autoridades provinciais não reportaram a verdade sobre a morte de pessoas, acrescentando, “Alguns dias atrás, eu postei uma mensagem no Beidu Tieba [um dos maiores fóruns da internet chinesa] expondo como os agricultores morreram de envenenamento por pesticidas. Mas [a mensagem] foi suprimida minutos mais tarde. Eu também recebi um aviso de uma agência estatal por causa da mensagem.”

Havia muitas postagens sobre a infestação de lagartas em diferentes áreas da China. Muitos internautas pediram ao governo central para ajudar os agricultores pobres.

“Agora, eu acredito que 2012 seja um ano desastroso. Meu corpo inteiro estava coberto de vermes quando saí do milharal, parecia um filme de ficção científica”, disse um internauta chamado @crazyDaming.

“Isso ficou tão ruim, mas o governo não fez nada sobre isso ainda. Eles são humanos?”

 
Matérias Relacionadas