Pesquisa: América Latina, a mais positiva do mundo

Torcedores de futebol paraguaios após o Paraguai derrotar o Japão na Copa do Mundo de 2010, em Assunção (Norberto DuarteAFP/Getty Images)

Uma pesquisa do instituto Gallup mostra que a América Latina é de longe a região mais feliz do mundo. Oito dos 10 países mais positivos do mundo estão na América Latina, com o Panamá e o Paraguai liderando a lista.

A pesquisa, que foi publicada em 19 de dezembro, avaliou as emoções positivas das pessoas em 148 países, fazendo-lhes cinco perguntas sobre quanta satisfação tiveram no dia anterior, se se sentiram respeitados, aprenderam algo interessante, riram e sorriram muito e se se sentiram bem descansados.

“O percentual médio dos entrevistados em todo o mundo, que disse ‘sim’ a estas cinco perguntas, reflete um mundo relativamente otimista”, disse um comunicado do Gallup.

A América Latina dominou a lista dos 10 mais, com pessoas no Panamá, Paraguai, El Salvador, Venezuela, Trinidad e Tobago, Guatemala, Equador e Costa Rica experimentando os sentimentos mais positivos.

Outros dois, não países latino-americanos, na lista dos 10 primeiros são a Tailândia e as Filipinas.

Os povos da Cingapura, Armênia e Iraque deram as respostas mais negativas. Em Cingapura, apenas 46% respondeu “sim”, em média, às perguntas do Gallup, enquanto 49 e 50% das pessoas na Armênia e no Iraque responderam “sim”, respectivamente. Geórgia, Iêmen, Sérvia, Bielorrússia, Lituânia, Madagascar e Afeganistão foram os próximos na sequência.

O Gallup citou um estudo dizendo que a renda mais elevada não indica necessariamente bem-estar. Nos Estados Unidos, “a renda só tem um impacto significativo sobre emoções diárias positivas quando ganhando mais de 75 mil dólares por ano”, disse o instituto.

“Esses dados podem surpreender os analistas e líderes que apenas se concentram nos tradicionais indicadores econômicos”, afirmou o Gallup. “Os moradores do Panamá, que ocupa a 90ª posição mundial em relação ao PIB per capita, estão entre os mais propensos a relatar emoções positivas.”

“Os moradores de Cingapura, que ocupam a 5ª posição mundial o em termos do PIB per capita, são os menos propensos a relatar emoções positivas.”

Em resposta à última pesquisa, o Gallup observou que mais países precisam implementar uma “abordagem holística para o progresso” e não apenas por meio de indicadores puramente econômicos.

Epoch Times publica em 35 países em 19 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas