Peña Nieto quer extraditar traficante ‘El Chapo’ o mais rapidamente possível

O atual presidente do México, Enrique Peña Nieto, anunciou no dia 15 de janeiro, em Davos, que quer extraditar “El Chapo” Guzmán assim que possível para os Estados Unidos.

Foi o que ele afirmou no Fórum Econômico Mundial ao sustentar que “é muito claro e eu declarei publicamente, o advogado vai trabalhar para continuar o processo sobre os crimes de que é acusado, mas (…) a orientação é para que acelere seu trabalho a fim de conseguir a extradição o mais rápido possível”.

Após a recaptura de “Chapo” em 8 de janeiro, foi aberto o processo de extradição, mas os advogados do traficante de drogas mais procurado no México também se mobilizaram para conseguir uma ação inibitória.

A saída de Guzmán Loera para os Estados Unidos levaria “um ano”, disse a procuradora-geral Arely Gómez, devido à dura batalha legal para defender o Chapo.

Peña Nieto havia se recusado a extraditar Guzmán antes da última fuga, mas seu governo mudou de ideia depois de sua recaptura.

Leia também:
Jovens ‘nem-nem’ já somam 20 milhões na América Latina
Messi será julgado por fraude fiscal às vésperas da Copa América
Vírus zika: EUA pede a mulheres grávidas que evitem viajar para 14 países

 
Matérias Relacionadas