Tsunami na Indonésia deixa pelo menos 43 mortos e cerca de 600 feridos

Tsunami pode ter sido causado por atividade vulcânica relacionada à erupção vista no vulcão Anak Krakatoa

Por Melanie Sun

ATUALIZAÇÃO: A agência de gestão de desastres da Indonésia disse às 8h35, horário local, que o número de mortos por um tsunami aparentemente causado por deslizamentos submarinos de uma erupção vulcânica subiu para 43, com cerca de 600 feridos.

O tsunami ocorreu às 21h27, horário local na noite de sábado, 22 de dezembro, relatou a Agência de Meteorologia, Climatologia e Geofísica (BMKG) do país.

A agência nacional de gestão de desastres da Indonésia informou que 165 pessoas ficaram feridas e dezenas de edifícios danificados. A onda estava entre 0,28 a 0,9 metros no seu maior nível.

A agência diz que o tsunami provavelmente foi causado por atividade vulcânica relacionada à erupção vista no vulcão Anak Krakatoa (filho do Krakatoa) – remanescentes do vulcão Krakatoa que foi destruído quando entrou em erupção em 1883. Estima-se que 36.000 pessoas morreram nesta explosão, com muitos mais feridos.

“Foi causado por uma combinação de um deslizamento submarino resultante da atividade vulcânica do Anak Krakatoa e um maremoto”, disse o porta-voz da agência de catástrofes, Sutopo Purwo Nugroho.

Anak Krakatoa entrou em erupção aproximadamente às 21h03 no horário local, de acordo com a BMKG.

Yesterday evening disaster striked on my family trip to the coast of West-Java (Anyer) -when we got hit by tsunami…

Posted by Øystein Lund Andersen on Saturday, December 22, 2018

O Estreito de Sunda, entre as ilhas de Java e Sumatra, liga o Mar de Java ao Oceano Índico.

Imagens postadas na mídia social mostram as conseqüências do tsunami, com ruas inundadas e carros virados.

De acordo com um comunicado do BMKG, “o tsunami atingiu várias áreas do estreito de Sunda, incluindo praias na regência de Pandeglang, Serang e Sul Lampung” de onde as mortes foram relatadas.

Endan Permana, chefe da Agência Nacional de Mitigação de Desastres em Pandeglang, disse à Metro TV que a polícia estava fornecendo assistência imediata às vítimas em Tanjung Lesung, na província de Banten, um refúgio turístico popular próximo de Jacarta, já que os trabalhadores de emergência ainda não haviam chegado à região.

Moradores se sentam dentro de uma mesquita enquanto são evacuados após o tsunami provocado pela erupção do vulcão Anak Krakatoa no distrito de Labuan na regência Pandeglang, província de Banten, na Indonésia, 22 de dezembro de 2018 (Antara Foto / Muhammad Bagus Khoirunas / via Reuters)

“Muitos estão desaparecidos”, disse Permana.

Em setembro, pelo menos 832 pessoas foram mortas por um terremoto e tsunami que atingiram a cidade de Palu, na ilha de Sulawesi, a leste de Bornéu.

A Reuters e a Associated Press contribuíram com esta notícia.

De NTD.com

 
Matérias Relacionadas