Pelo menos 2 feridos e 40 afetados pelo terremoto no Peru de magnitude 7,5

Danos se concentram em vários municípios da região amazônica, ao norte do Peru

Por Agência EFE

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas e outras 40 foram afetadas na madrugada do domingo, no Peru, pelo terremoto de magnitude 7, 5 na escala Richter, que pôde ser sentido em grande parte do país e na América do Sul, conforme relatado pelo Centro Nacional de Operações de Emergência (COEN).

O terremoto que ocorreu às 5h52, horário local, e destruiu pelo menos uma igreja e sete casas, enquanto onze outros edifícios também foram danificados.

Os danos se concentram em vários municípios da região amazônica, ao norte do Peru, próximos ao epicentro do terremoto, localizado 98 quilômetros a leste da cidade de Santa María de Nieva, onde o terremoto foi sentido com uma intensidade muito forte.

Na região, a mídia local noticiou o desabamento da igreja colonial de Jalca Grande, localizada no distrito de La Jalca, enquanto em várias províncias do Amazonas, como nos distritos vizinhos de Loreto e San Martín, o fornecimento de energia elétrica foi interrompido.

“Toda minha solidariedade ao povo amazonense diante do forte terremoto ocorrido. Providenciei para que ministérios e diferentes instâncias do Executivo implementem ações imediatas”, afirmou o presidente do Peru, Pedro Castillo, nas redes sociais.

“Vocês não estão sozinhos, irmãos. Apoiaremos os atingidos e agiremos frente aos danos materiais”, acrescentou o dirigente peruano.

Desde o início da manhã, a Primeira-Ministra, Mirtha Vásquez, está nas instalações do COEN para monitorar de perto a avaliação dos danos e os cuidados de emergência.

Dada a proximidade do epicentro do terremoto com o Equador, também foram registrados danos a casas nos distritos equatorianos de Zamora e Loja, com vários edifícios afetados e uma igreja desabada.

O terremoto teve origem a uma grande profundidade terrestre, de 131 quilômetros, o que reduziu seu poder destrutivo na superfície, mas ampliou o alcance de sua onda sísmica para uma ampla área geográfica e fez com que fosse sentido na capital, Lima.

Essa circunstância também causou o primeiro alerta de terremoto oferecido pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos para localizar, inicialmente, o epicentro próximo à cidade costeira de Barranca, a cerca de mil quilômetros do local real do terremoto.

O Peru está localizado na área chamada Círculo de Fogo do Pacífico, onde é registrada aproximadamente 85% da atividade sísmica mundial.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas