Pedras com dez mandamentos cria debate nos EUA

Seis tábuas de granito estão de pé no sul rural, com mandamentos inscritos em quatro línguas antigas: cuneiformes babilônico, grego clássico, sânscrito e hieróglifos egípcios. As próprias tábuas são de design moderno, embora a identidade da pessoa que as encomendou foi mantida em segredo e o significado das inscrições tem sido muito debatido.

Quando traduzidas, as inscrições nas tábuas declaram: “Que este seja o guia para uma Era da Razão”.

Os mandamentos, ou princípios orientadores, definidos são os seguintes, de acordo com o Smithsonian:

1. Manter a humanidade em 500 milhões para o perpétuo equilíbrio com a natureza.
2. Guie sabiamente a reprodução – melhorando a forma física e a diversidade.
3. Una a humanidade com uma nova língua.
4. Comande paixão – fé – tradição – e todas as coisas com a razão.
5. Proteja as pessoas e as nações com leis e cortes justos.
6. Deixe que todas as nações governem internamente, resolvendo disputas externas em uma corte mundial.
7. Evite leis mesquinhas e funcionários inúteis.
8. Equilibre direitos pessoais com deveres sociais.
9. Preze pela verdade – beleza – amor – buscando harmonia com o infinito.
10. Não seja um câncer na Terra – deixe espaço para a natureza – deixe espaço para a natureza.

A pessoa que encomendou as tábuas, em 1979, é conhecida apenas pelo nome de RC Christian. Apenas um homem vivo ainda sabe quem era essa pessoa e ele não vai falar.

Banker Wyatt Martin, que tinha 82 anos quando falou com a Discovery Magazine em setembro do ano passado, prometeu manter o segredo de RC Christian: “Podem botar uma arma na minha cabeça e me matar, eu nunca vou revelar seu nome real. Na minha idade e profissão você fica preso por uma promessa de confidencialidade”.

Martin disse sobre Christian: “Ele sempre disse que se você quer manter as pessoas interessadas, só pode fornecer a elas um pouco”.

Estava no auge da Guerra Fria, disse Martin, e os princípios foram feitos para fornecer uma outra alternativa.

Van Smith de Arkansas tem sido sincero sobre suas teorias nas pedras. Ele contou ao Discovery Magazine: “O propósito das dez leis no monumento é para estabelecer as bases para um governo global totalitário”.

Ele também observou que: “As proporções das pedras preveem a altura exata em pés do Dubai Burj Khalifa, o edifício mais alto até agora no mundo. Tanto a tábua quanto o Burj fazem referencia à Torre de Babel”.

Alguns dizem que o “R.C” em R.C. Christian pode indicar que ele pertencia à sociedade secreta Europeia Rosacruz, já que um texto Rosacruz afirma: “A palavra RC deve ser o selo, a marca e caráter deles”.

 
Matérias Relacionadas