Pausa para descansar entre tarefas traz benefícios, aponta estudo

Relaxar pode aumentar o pensamento criativo, de acordo com um estudo internacional.

Uma equipe de pesquisa descobriu que retomar uma tarefa difícil depois de um intervalo envolvendo uma tarefa fácil, pode melhorar o desempenho cerca de 40%.

“Muitos pensadores científicos influentes alegam ter tido seus momentos de inspiração enquanto estavam envolvidos em pensamentos ou atividades não diretamente destinadas a resolver os problemas que eles estavam tentando solucionar”, disse o autor Benjamin Baird, na Universidade da Califórnia-Santa Barbara, de acordo com o The Telegraph.

“Este estudo demonstrou que fazer um intervalo envolvendo em uma tarefa pouco exigente melhorou o desempenho em uma tarefa clássica de criatividade, muito mais do que fazer um intervalo envolvendo uma tarefa exigente, descansar ou não fazer nenhum intervalo”.

Na tarefa complexa, cerca de 150 participantes com idades entre 19 e 32 anos listaram o máximo de utilidades incomuns para objetos cotidianos em dois minutos. Eles foram divididos em quatro grupos: um deles não tinha intervalo durante a tarefa, enquanto os outros tiveram uma pausa de 12 minutos durante os quais eles poderiam descansar, realizar uma tarefa de memória exigente ou executar uma tarefa pouco exigente.

As pessoas do último grupo divagavam muito porque a tarefa era muito fácil. Após a pausa, todos voltaram para a tarefa original de listagem.

Para a listagem de novos itens de uso diário, todos os grupos tiveram o mesmo desempenho, mas reconsiderando objetos anteriores, o desempenho dos divagadores aumentou 40%.

Os resultados foram publicados na edição de outubro da revista Psychological Science.

 
Matérias Relacionadas