Pássaros encontrados mortos em cidade chinesa que teve duas vítimas da gripe aviária

Pardais foram encontrados mortos numa área residencial em Nanjing; locais temem que as mortes estejam relacionadas ao surto de um vírus letal de gripe aviária na China (Weibo.com)

Numerosos pardais mortos foram descobertos na sexta-feira em Nanjing, no mesmo dia em que dois novos casos de gripe aviária H7N9 foram confirmados na cidade. A capital de Jiangsu já proibiu a venda de aves vivas.

Fotos das aves mortas foram divulgadas online e um internauta de Nanjing disse que moradores locais estão muito preocupados. Eles não sabem por que os pardais morreram, mas temem que esteja relacionado com o surto recente da gripe aviária, que já custou seis vidas no Leste da China, segundo os últimos relatos oficiais.

Um porta-voz do governo local de Nanjing disse numa conferência de imprensa no sábado que especialistas coletaram amostras das aves mortas para análise no Centro de Controle e Prevenção de Doenças.

Também em 5 de abril, internautas de Huang’gang, província de Hubei, e de Chengdu, província de Sichuan, regiões no Oeste da China, também disseram ter visto recentemente aves mortas no chão ou ouviram testemunhos de outros residentes locais.

Liu Yan, repórter da Chengdu Televisão, perguntou sobre a morte de aves na província de Sichuan em seu microblogue Weibo, “Eu ouvi que há muitos pássaros mortos ao longo do rio Funan. Alguém pode ajudar a verificar a situação e descobrir o que está causando o problema?”

Jiangsu é a segunda cidade chinesa a proibir o comércio de aves vivas, após Shanghai, que sacrificou mais de 20 mil pombos após detectar o vírus no mercado agrícola atacadista Huahei. Quatro pessoas morreram em decorrência do novo vírus da gripe aviária em Shanghai, segundo relatos oficiais.

Em Hangzhou, um mercado de criadores foi fechado após codornas serem identificadas infectadas. Uma das vítimas atuais havia comido codorna comprada no mercado, informou o Diário da Manhã do Sul da China. A cidade também suspendeu o comércio de aves.

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas