Partido Comunista Chinês interfere em convite de Taiwan para deputado

China comunista pede à ALESP que não reconheça Taiwan; Especialistas apontam perseguição religiosa em decreto

Por NTD Notícias

Um deputado estadual de São Paulo foi convidado para um evento comemorativo de Taiwan, mas o Partido Comunista Chinês não o queria lá. À ocasião, o político expôs interferência estrangeira na Assembleia Legislativa do Estado.

E em Pernambuco um novo decreto visa o retorno às atividades econômicas e sociais, mas especialistas citam possível perseguição religiosa na medida do governo local, bem como em outros casos recentes na pandemia.

 

 
Matérias Relacionadas