Paciente cujo único sintoma era dor de estômago é diagnosticado com vírus do PCC

Por Olívia Li

Localização: Cidade de Wuhan, Província de Hubei

Mensagem de texto do WeChat:

Motorista: Estou em quarentena.
Amigo dele: Você está com febre?
Motorista: Levei ontem um paciente para um hospital com dor de estômago. Ele não apresentou nenhum sintoma relacionado ao coronavírus, mas foi testado positivo para COVID-19 hoje. Todos nós que entramos em contato com ele fomos colocados em quarentena.
Amigo do motorista: você precisa passar 14 dias, ou seja, duas semanas, isoladamente!
Motorista: Sim, estamos tendo muito azar! Dois motoristas e funcionários da comunidade, todos nós estamos em quarentena agora. Droga!
Amigo do motorista: como ele pode não ter nenhum sintoma (do coronavírus)? Isso significa dor no estômago também é um dos sintomas do COVID-19?
Motorista: Ele não apresenta sintomas relacionados ao COVID-19. De repente, ele sentiu dores de estômago. Ele disse que estava dentro do prédio e não saia há dias. Quem saberia que ele havia sido infectado!
Amigo do motorista: Isso realmente parece assustador. Eu acho que ele deve ter sido infectado quando desceu para fazer alguma coisa. É impossível que ele tenha sido infectado enquanto ficou em casa.
Motorista: foi o que ele disse. O que podemos fazer? Ele disse que basicamente ficou em casa, exceto por descer as escadas para pegar a comida que havia sido entregue. Então ele teve uma dor de estômago ontem. Hoje ele foi confirmado como infectado pelo COVID-19.
Amigo do motorista: quando isso aconteceu?
Motorista: Levei esse paciente a um hospital ontem. Foi confirmado que ele estava infectado hoje.
Amigo do motorista: ele deve ter sido infectado ao descer as escadas. Acho que o vírus veio da comida, da caixa de entrega ou das sacolas.
Motorista: Eu também acho. Nós somos as pessoas mais azaradas. Agora estamos em quarentena depois que ele foi confirmado e também precisamos passar pelo teste de seqüenciamento de ácido nucleico do vírus do PCC.

Um trabalho de pesquisa sobre o vírus PCC publicado por especialistas médicos da China em 28 de fevereiro revelou que quase 50% dos pacientes não sofrem de febre e alguns apresentam sintomas gastrointestinais. No entanto, as autoridades médicas chinesas nunca alertaram amplamente o público sobre essas novas descobertas. Se todos estivessem cientes dos vários sintomas do vírus do PCC precauções haveriam sido tomadas para proteger melhor as pessoas.

 
Matérias Relacionadas