Os cinco melhores e piores celulares quanto à exposição à radiação

JK Shin, presidente e chefe de TI e da divisão de comunicação móvel da Samsung, apresenta o Samsung Galaxy S-4, em 14 de março, em Nova York. O Galaxy S-4 tem um nível de exposição à radiação de 0,45 watts por quilograma, menos da metade do que o Apple iPhone 5 (Allison Joyce/Getty Images)

O campo eletromagnético de radiofrequência (RF) é o nome oficial para as ondas ou irradiações invisíveis dos celulares que mais e mais têm preocupado os consumidores.

Elas são a razão por que fabricantes de celulares nos avisam para não levarmos nossos celulares próximos ao corpo e eles  recomendam o uso de fones de ouvido sem fio.

Essas advertências e recomendações aparecem em letras minúsculas em algum lugar em nossos manuais de celulares que raramente são abertos, permanecendo em geral não lidos e ignorados.

Enquanto médicos e cientistas permanecem divididos quanto aos efeitos em longo prazo da exposição à RF, muitos consumidores preocupados tentam limitar a exposição, usando fones de ouvido ou comprando dispositivos com números baixos de SAR.

A exposição à RF varia dependendo do telefone celular em questão. A marca, modelo, operadora e até mesmo a força do sinal podem afetar a intensidade da RF a que estão expostos. A taxa de exposição entre os diferentes modelos é medida pelo Índice de Absorção Específico (SAR, na sigla em inglês).

A Comissão Federal de Comunicação (FCC) dos EUA divulga dados sobre o SAR de cada modelo de celular disponível no mercado norte-americano. Estes números também estão no manual do usuário e disponíveis no website da FCC.

O limite legal para a exposição de RF é SAR 1,6 watts por quilograma nos Estados Unidos e Canadá e SAR 2 na Europa.

Os cinco celulares com melhores e piores exposições de RF, compilados pelo CNET em outubro de 2012, estão listados abaixo.

O popular iPhone da Apple não apareceu em nenhuma das listas, mas surge no meio da listagem com SAR de 1,11 para o IPhone 4S em todas as operadoras e SAR de 1,18 para o iPhone 5. O próximo Samsung Galaxy S-4 tem SAR de 0,45.

Cinco celulares de maior radiação:

RIM BlackBerry Curve 9310 – Boost Mobile 1,58
Motorola Razr HD – Verizon Wireless 1,56
Motorola Droid Razr Maxx HD – Verizon Wireless 1,56
Nokia Astound – T-Mobile 1,53
RIM BlackBerry Curve 9350 – Sprint Nextel 1,50

Cinco celulares de menor radiação:

Samsung Galaxy Note – T-Mobile 0,19
Samsung Galaxy Note Unlocked 0,27
Samsung Galaxy S II Skyrocket – AT&T 0,30
Kyocera DuraXT – Sprint Nextel 0,33

Epoch Times publica em 35 países em 21 idiomas.

Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/EpochTimesPT

Siga-nos no Twitter: @EpochTimesPT

 
Matérias Relacionadas