‘Orgânicos’ da China expostos

Quando se trata de alimentos, superalimentos e suplementos nutricionais da China, o rótulo “orgânico” ou “natural” é em grande parte uma fraude. Esta é a minha opinião, é claro, mas eu estive pesquisando a questão estensamente como avaliador e selecionador de novos produtos para a Natural News Store e cheguei à conclusão de que “orgânico” da China é em grande parte uma fraude. Aqui está o porquê…

Primeiro, você ficará chocado ao saber que não há limite para a quantidade de mercúrio, chumbo, cádmio, arsênico e alumínio que é permitida em produtos “orgânicos” ou “naturais”.

É um fato: os padrões orgânicos do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) não limitam os níveis de contaminação por metais pesados em alimentos orgânicos certificados. Ainda mais, não há limite para a contaminação de PCBs, BPA e outros produtos químicos sintéticos que são permitidos em alimentos orgânicos certificados, superalimentos e suplementos.

Neste ponto, você provavelmente está balançando a cabeça em descrença e pensando: “Não, isso não pode ser verdade. Padrões orgânicos devem verificar os metais pesados e a contaminação química, certo?”

Não! “Orgânico” certifica um processo de como o alimento é cultivado ou produzido. O certificado atesta que o agricultor não adiciona pesticidas, herbicidas, fertilizantes à base de petróleo, metais ou produtos químicos sintéticos na cultura (entre outras coisas), e certifica que o solo deve estar livre de tais coisas por certo número de anos antes de a certificação orgânica ser aprovada.

Mas a certificação orgânica não faz nada para resolver fontes ambientais de poluição como chemtrails, água de irrigação contaminada e precipitação de fábricas industriais ou químicas que possam estar nas proximidades. Um agricultor orgânico certificado pode usar água poluída em suas lavouras e ainda ter as culturas rotuladas como “orgânicas”.

Por esse motivo: o ambiente no qual os alimentos orgânicos são produzidos é crítico para a limpeza do produto final.

A agricultura orgânica num ambiente limpo produz alimentos orgânicos limpos. Mas a agricultura orgânica num ambiente poluído produz alimentos orgânicos contaminados. E a China é uma das fossas químicas mais poluídas do planeta. As fotos acima mostram algumas cenas da China, uma nação sufocando num pesadelo de poluição.

Enquanto você vê estas imagens, pergunte-se: Você comeria alimentos cultivados ali? Mesmo que fossem vendidos pela Whole Foods e rotulados como “orgânicos”?

China, um pesadelo ambiental

A China é um país que praticamente não tem aplicação da regulamentação ambiental. Na China, vale tudo: Você pode despejar mercúrio nos rios. Você pode pulverizar lodo de esgoto humano sem tratamento nas lavouras. Você pode produzir substâncias químicas industriais e despejar os resíduos de produtos direitamente no ar com chaminés. Na China, muitos rios são tão tóxicos que, de tempos em tempos, eles realmente pegam fogo e queimam.

É tão ruim que um funcionário chinês do meio ambiente recebeu uma oferta de 30 mil dólares para mergulhar por 20 minutos num rio local. Ele se recusou. Por quê? Porque o rio é tão poluído que natar nele significaria morte certa.

É esta água que é usada frequentemente em alimentos “orgânicos” e na produção de superalimentos na China. Assim, mesmo que o agricultor siga os padrões de processos orgânicos, ele pode estar usando água de irrigação terrivelmente contaminada com metais, produtos químicos e resíduos de pesticidas. Ele pode estar pulverizando drogas hormonais nas culturas, porque há uma fábrica farmacêutica rio acima.

O ponto aqui é: Num país que praticamente não tem leis ambientais, a produção de alimentos “orgânicos” é em grande parte uma fraude, porque as fontes ambientais contaminam os alimentos ou superalimentos produzidos lá.

Mas há algumas raras exceções. Bagas de goji notavelmente são cultivadas em grandes altitudes, longe da poluição das cidades e dos rios da China. O goji proveniente da China tende a ser muito limpo e tem níveis muito baixos de contaminação. Há sem dúvida outras exceções à regra, mas a dificuldade está em saber o que confiar proveniente da China.

Na América do Norte, “orgânico” é legítimo, precisamente porque a América do Norte tem padrões ambientais muito rigorosos. Orgânico é alimento limpo, responsavelmente produzido e consistentemente menos contaminado do que o alimento convencional. O mesmo é verdade na Europa, onde os padrões orgânicos também são rígidos. Mas, na China, “orgânico” é geralmente uma piada, quase uma farsa, em minha opinião.

E os testes de laboratório confirmam isto. Por exemplo, nós publicamos uma matéria investigativa sobre a clorela, mostrando que a clorela “orgânica” da China está poluída com cerca de dez vezes o nível de alumínio da clorela “orgânica” de Taiwan. E a clorela mais limpa que encontramos em termos de contaminação de metais era na verdade uma clorela não-orgânica produzida na Coreia.

China, um país carente de ética

Lembre-se também que a China vive sob um regime comunista. É um país onde toda a religião foi banida e as pessoas não são educadas sobre ética ou moral. Eles não têm bússola moral. Em toda a China, a maioria da população acredita que a melhor maneira de vencer na vida é enganar, mentir e roubar, mesmo que isso signifique prejudicar alguém no processo.

Lembre-se: a China é o país onde eles colocam melamina na fórmula de leite em pó infantil, sabendo que isso matará as crianças. A China é o país onde a pintura em brinquedos para crianças contém níveis obscenos de chumbo prejudicial ao cérebro. A China é uma nação dos tomadores de atalhos, que farão qualquer coisa para baratear um produto, desde que possam ocultá-lo e enganar o comprador. É por isso que “made in China”, por décadas, foi sinônimo de “qualidade porcaria”.

Aqui está uma pequena nota que interessará a donos de animais de estimação: Se você comprar guloseimas para animais fabricados na China, você está matando o seu animal de estimação com os produtos químicos mais insanos imagináveis. As coisas que vão embutidas nas guloseimas para animais de estimação fabricadas na China são altamente tóxicas e causam câncer. Este é um dos principais fatores por trás do aumento alarmante dos casos de câncer entre cães e gatos.

Tudo isso não é informação de segunda mão, a propósito: eu vivi na Ásia por dois anos e viajei por toda a região. Eu falo mandarim (chinês) relativamente bem e tenho interagido e negociado com muitas pessoas da China, Hong Kong e Taiwan. Eu posso lhe dizer que Taiwan é um país com muito mais honestidade, integridade e qualidade do que a China. Em Taiwan, a religião é permitida e abertamente praticada (budismo, principalmente). Em Taiwan, há um senso de responsabilidade pelo cliente. Há uma filosofia de busca da qualidade. Taiwan é para a China como a América revolucionária foi em relação ao Império Britânico. Taiwan é uma ilha de trabalhadores sérios, empreendedores criativos, inovadores e quando viso a importar produtos da Ásia, eu sempre tento encontrar em Taiwan primeiramente, porque sei que Taiwan significa qualidade.

Mas, na China, é exatamente o contrário: Não há senso de responsabilidade pelo cliente. A filosofia primordial é passar a perna no cliente, mesmo na primeira ordem, sabendo que o cliente nunca comprará de você novamente! Na China, a ideia é enganar as pessoas, em vez de fazê-las felizes. Você vê isso em todo o lugar até o topo do governo, que é, naturalmente, um Estado policial comunista, onde as leis são aplicadas à mão armada contra uma população completamente desarmada e indefesa que não tem direitos. A China é uma cultura de corrupção, fraude e exploração.

Agora, é claro, há pessoas na China que se rebelam contra tudo isso. Há exceções à regra, e pode até haver alguns produtores de alimentos orgânicos honestos na China que contrariam a tendência. Nem todos os chineses do continente são pessoas más. Muitos desejam derrubar o governo corrupto e restaurar a liberdade e a justiça ao país. Mas porque eles estão todos desarmados, eles são impotentes contra um governo ditatorial. Eles são escravos do sistema.

Marca ‘Health Ranger Select’ proíbe todas as comidas, superalimentos e ingredientes da China, exceto bagas de goji

Meses atrás, eu tomei a decisão de banir qualquer coisa produzida na China de minha própria marca, com a exceção de bagas de goji. Se um alimento, superalimento ou suplemento tem o meu nome, eu não usarei ingredientes de origem chinesa, a menos que eu tenha certeza e possa verificar a limpeza do produto final.

Então, se você ver as marcas ‘Health Ranger Select’ ou ‘Storable Organics’, saiba que são limpas e cuidadosamente selecionadas na origem.

Nossas fontes são nos EUA, Canadá, países europeus, Peru e até Tailândia para alguns ingredientes. México é aceitável para alguns ingredientes também. Mas a China é uma grande bandeira vermelha. Eu simplesmente não posso acreditar que a maioria dos alimentos, superalimentos ou suplementos da China sejam consistentemente limpos e honestos.

A China é o tipo de país em que você pede uma amostra de uma matéria-prima – digamos, por exemplo, pó de suco de romã – e o primeiro lote que você recebe é realmente limpo e passa em todos os testes de laboratório. Então, você pede 5 mil kg do material e, quando chega, está tudo cheio de chumbo e pesticidas.

Ervas medicinais chinesas são notoriamente contaminadas com chumbo. O mesmo é verdadeiro para o chá verde e muitos outros ingredientes que naturalmente absorvem metais pesados. Todos os tipos de produtos na ‘Whole Foods’, por sinal, são cultivados na China e certificados “orgânico”. Que piada.

Considerando que a China praticamente não tem fiscalização ambiental, a ideia de que algo cultivado na China possa ser certificado “orgânico” é absurda. Sem um ambiente limpo, você não pode produzir alimentos limpos mesmo que você siga os padrões de cultivo orgânico.

Então, por que tantos formuladores e empresas de alimentos nos EUA ainda compram os ingredientes da China? Porque eles são baratos.

Comprar da China significa maiores lucros

Aqui está o pequeno segredo sujo da indústria de produtos naturais… e “sujo” aqui é de fato bastante literal: Matérias-primas da China são baratas! De maneira geral, matérias-primas (alimentos, superalimentos e suplementos) da China custam um quarto (25%) dos materiais cultivados na América do Norte ou na Europa.

Isto significa que obter ingredientes da China confere a seu produto muito mais lucro no mercado. Para aqueles que vendem por meio da Whole Foods – cujas prateleiras estão cheias de produtos com ingredientes ‘made in China’ – esta margem de lucro é essencial para a sobrevivência econômica.

Se você estiver comprando um pó de superalimento vendido na Whole Foods e pagar US$ 50 no varejo, o custo real dos ingredientes que entram nessa vasilha de superalimento é geralmente inferior a US$ 5. Assim, a terceirização desses materiais da China é crucial para ter margens. A Whole Foods só pode pagar a sua empresa US$ 22 ou algo parecido por um produto que eles vendem a US$ 50. Portanto, sua empresa tem de comprar os materiais, pagar pelo transporte, seguro, trabalho, embalagens, formulações e tudo mais e ainda de alguma forma ter lucro para permanecer no negócio. Então, você usa uma fonte da China. Você faz um rótulo muito bom, você obtém o “certificado orgânico” com um logotipo bonito da USDA nele e o vende na Whole Foods, que acrescenta outra camada de legitimidade ao produto.

Mas dentro da embalagem, pode haver mercúrio escondido lá. Ou resíduos farmacêuticos. Ou resíduos de pesticidas. Ou quase tudo, incluindo melamina. Agora, obviamente, a Whole Foods tem um nível de controle de qualidade e eles têm suas exigências para os produtos que vendem. Mas a China é especialista em burlar estes documentos e enganar os importadores, formuladores e fabricantes.

Na China, a ideia de forjar um documento de análise de laboratório não é grande coisa. A confecção de documentos falsos é rotina. Você tem de entender a filosofia dessas pessoas que vivem sem qualquer código de ética, sobrevivendo sob um Estado policial comunista: Não há ética. Não há valores. Não há bússola moral. Forjar um relatório de laboratório falso não é diferente para eles do que plantar sementes: é apenas mais um passo necessário para ganhar dinheiro. Não há diferença moral em suas mentes entre dizer a verdade e mentir. É uma filosofia moral “relativista”.

Não estou dizendo que todas as pessoas na China são mentirosas e enganadoras. Mas muitas delas são. Qualquer um que tenha realmente vivido lá por certo período de tempo sabe exatamente do que estou falando. Este é um país onde fabricantes enganadores pegam sementes de gergelim branco e as revestem com tinta preta tóxica apenas para vendê-las como “sementes de gergelim preto”. Este é um país onde os produtores de fórmulas infantis misturam melamina, que destrói os rins, em sua fórmula, para ganhar um extra de cinco centavos de dólar por libra-peso, mesmo sabendo que isso matará bebês aos milhares. Eles não se importam. A China é uma nação que abandonou a moralidade e até mesmo a ataca. Este é um país onde o grupo pacífico de meditação do Falun Gong e praticantes de ioga são presos e torturados por um governo ditatorial extremamente opressivo.

Veja, as culturas são diferentes em todo o mundo. Você quer sair com pessoas muito legais, inteligentes e honestas? Arranje alguns amigos holandeses. Eles são o grupo moralmente mais íntegro e educado de pessoas que você conhecerá.

Você quer sair com os mais inovadores e respeitadores de regras? Arranje alguns amigos alemães. Eles seguem as regras. E ainda são pessoas inteligentes e inovadoras. Mentes brilhantes. Alguns dos maiores cientistas da história saíram de Berlim.

Você quer alguns amigos que são loucamente criativos? Esses são os americanos. Os americanos fazem os melhores filmes, a melhor música (bem, juntamente com músicos do Reino Unido), e muitos dos melhores softwares de computador do planeta. Os americanos são rebeldes. Eles quebram as regras e forjam um novo caminho. A América é uma nação fundada na rebelião.

Mas se você está à procura de pessoas que vão te apunhalar pelas costas num acordo de negócios, vá à China. Lá, você encontrará os mais trapaceiros, desonestos e mentirosos que você provavelmente encontrará, exceto o “Príncipe Nubula” da Nigéria, cujos e-mails prometem que você receberá um milhão de dólares se lhes enviar apenas cinco mil dólares em adiantamento.

Por que você não ouvirá esta verdade em qualquer outro lugar

Eu sei que dizer a verdade é impopular e não é politicamente correto. Eu não estou interessado em ganhar um concurso de popularidade. O que estou fazendo aqui é simplesmente dizer a verdade que a maioria das outras pessoas tem muito medo de dizer por conta própria: A própria ideia de “orgânico” proveniente da China é uma contradição perturbadora.

E os padrões orgânicos têm uma enorme lacuna no fato de que não precisam de alimentos que sejam realmente livres de mercúrio ou outros contaminantes. No geral, orgânico é um padrão maravilhoso e eu tenho sido um forte defensor dos orgânicos, mas quando um rótulo “USDA Organic” é estampado num produto cultivado na China, você realmente tem que coçar a cabeça e dizer: “Sim, isso pode ser orgânico, mas é limpo?”

Pode ser, mas você não saberá até testá-lo. “Orgânico” cultivado nos EUA pode ser considerado limpo, mas orgânico cultivado na China deve ser contaminado, a menos que se prove o contrário.

Até que a China imponha algumas normas ambientais verdadeiras, “orgânico” da China é uma grande fraude, em minha opinião. É uma farsa. Você pode mentir para si mesmo e dizer: “Bem, é orgânico por isso deve ser limpo!” Mas você estará ingerindo mercúrio, chumbo, pesticidas e outros produtos químicos sintéticos em doses variadas.

Testes de laboratório confirmam tudo o que estou dizendo aqui. Este é o pequeno segredo sujo da indústria de alimentos orgânicos que ninguém tem falado.

Pesadelo ambiental na China

Quão poluído é o ambiente da China? Como eu mencionei acima, ele é tão ruim que um oficial chinês do meio ambiente foi oferecido mais de US$ 30 mil para dar um mergulho de 20 minutos num rio local, mas recusou a oferta, como faria qualquer pessoa em sã consciência.

São estes os mesmos rios que são usados para a produção de culturas “orgânicas” na China? Você deve se questionar. Um rio pode estar tão saturado com dejetos industriais pútridos e poluição química, que até mesmo bactérias lutam para sobreviver nele, porém, esta água pode ser legalmente pulverizada nas culturas que são exportadas como “orgânicas”.

Se você comprar superalimentos, alimentos, ou suplementos “orgânicos” cultivados na China, você precisa saber disso.

Como o The Guardian informou:

“Um estudo recente do governo chinês descobriu que as águas subterrâneas em 90% das cidades da China estão contaminadas, a maior parte severamente. O chefe do Ministério de Recursos Hídricos da China disse no ano passado que pelo menos 40% dos rios do país estão ‘gravemente poluídos’ e um relatório oficial do verão passado constatou que até 200 milhões de chineses rurais não têm acesso à água potável.”

Aliás, esta é outra história, mas posso dizer-lhe com certeza absoluta que a China caminha para um colapso ambiental. O país tem poluído seu meio ambiente muito além do ponto de vida sustentável em longo prazo. As crianças estão nascendo como mutantes. Rios não mais sustentam a vida dos peixes. Os solos estão acumulando níveis obscenos de contaminantes, tornando-se tão tóxicos que as colheitas foram afetadas. As cidades têm o ar tão poluído que respirar simplesmente provoca câncer. E, além disso, a política do filho único na China tem gerado generocídio em massa, em que bebês meninas são rotineiramente – sim, eu quero dizer regularmente – assassinadas, afogadas, sufocadas, etc., porque a família quer um filho, não uma filha.

Em sua busca pelo poder econômico, a China tem se envenenado até a morte e agora é uma questão de tempo antes que a nação caia numa fossa de toxicidade e mentiras. O “boom” econômico da China está quase no fim e será seguido por uma implosão ambiental tão grande e repugnante que o mundo ficará absolutamente horrorizado. Lembre-se: a China é tão corrupta que não impedirá as fábricas de despejarem resíduos tóxicos aberta e diretamente nos lençóis freáticos. Em vez de reconhecer a fonte de poluição, as autoridades chinesas simplesmente aceitam subornos e encobrem o fato. A corrupção na China está tão profundamente enraizada na cultura que a honestidade e a responsabilidade nunca superam a falsidade.

Com algumas exceções, quando você compra alimentos produzidos na China, você está comprando alimentos produzidos no ambiente mais tóxico do planeta, cultivados por alguns dos mais mentirosos e corruptos sem vergonhas, todos governados por um dos governos mais ditatorial e tirânico já conhecido na história. Isso resume tudo.

Em última análise, a China tem uma crise ambiental terminal nas mãos, agravada por um regime ditatorial comunista irremediavelmente corrupto, que oprime a liberdade e a religião, enquanto bandidos forçam as famílias a matar suas próprias bebês sob mandatos de controle populacional.

Em resumo, a China sofre de:

• Um pesadelo ambiental;
• Um abandono quase completo da moral e da integridade;
• Um sistema político de Estado policial comunista profundamente corrupto que ordena o assassinato em massa de bebês (segundo estatísticas oficiais, o governo realizou mais de 300 milhões de abortos forçados na China nas últimas três décadas).

É nesta vibraçao que você realmente quer colocar o seu corpo?

Publicado originalmente no Naturalnews.com

 
Matérias Relacionadas