Leopoldo López e Antonio Ledezma são presos de madrugada na Venezuela

Os políticos de oposição Leopoldo López e Antonio Ledezma foram levados pelo Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin) da Venezuela para local desconhecido na madrugada desta terça-feira (1), informaram suas famílias.

O governo de Nicolás Maduro alega que Leopoldo López e Antonio Ledezma teriam violado as regras de confinamento. Eles estavam em regime de prisão domiciliar.

As prisões ocorreram após a eleição de uma Assembleia Constituinte no país, no domingo. Os membros vão reescrever a Carta Magna, ignorando o Congresso, de maioria oposicionista.

Os partidos ABP, de Ledezma, e Vontade Popular (VP), de López, responsabilizam Maduro pela integridade física de ambos.

Leia também:
Assembleia Constituinte venezuelana é condenada mundialmente
Venezuela: opositores denunciam 15 mortes durante votação da Constituinte

 
Matérias Relacionadas