www.epochtimes.com.br | SHENYUN.COM Find a show near you CompartilharCompartilhar
Share this with everyone!
close

Oficial do governo chinês vai a Nova York apena para assistir ao Shen Yun

20/03/2012
O Sr. Guo no Lincoln Center em Nova York para assistir ao Shen Yun Performing Arts (Chen Tiancheng/Epoch Times)
O Sr. Guo no Lincoln Center em Nova York para assistir ao Shen Yun Performing Arts (Chen Tiancheng/Epoch Times)

O Shen Yun voltou ao palco em Nova York em 18 de abril e, entre a audiência lotada, muitos viajaram especialmente da China para ver o espetáculo. O Sr. Guo foi um deles. “É um espetáculo magnífico e os líderes precisam vê-lo”, disse Guo em lágrimas.

“Esperei dois meses para vir aqui e assistir ao espetáculo de abril.”

Guo soube do Shen Yun quando esteve nos Estados Unidos em fevereiro último. Ele foi a Nova York especialmente para assistir ao espetáculo do Shen Yun em 18 de abril.

“Tirei licença do serviço para vir aqui diretamente da China e assistir ao espetáculo. Esperei dois meses para vir!”, enfatizou Guo com entusiasmo.

“Este é o melhor espetáculo que vi em toda minha vida, irei recordá-lo para sempre. É tão belo, compassivo e tradicional. Vejo esperança nele”, disse Guo, que considerou os bailarinos excepcionais, assim como a música, que combina instrumentos ocidentais e chineses, e a belíssima indumentária e os cenários.

“O Shen Yun merece a reputação que tem! Clássico e divino!”, exclamou ele. “Tentei conter as lágrimas, mas meu coração estava acelerado e vibrava.”

A companhia Shen Yun, sediada em Nova York, percorre o mundo com a missão de reviver a cultura tradicional chinês de 5.000 anos, que tem sua inspiração no divino, mas que tem sido destruída pelo regime comunista, segundo o website da companhia.

“Técnicas de dança sofisticadas, uma orquestra que combina instrumentos clássicos ocidentais e orientais, belos trajes e um impressionante cenário, isto é o Shen Yun à primeira vista”, afirma o website da companhia. “Observando mais profundamente descobre-se um mar de cultura tradicional chinesa. Mortais e seres divinos se reúnem no palco como um. Princípios como a benevolência e justiça, moralidade e sabedoria, o respeito pelo céu e a retribuição divina, tudo ganha vida e rejuvenesce a audiência. Originados no confucionismo, budismo e taoísmo, este ideias são a essência da cultura tradicional chinesa.”

O Sr. Guo disse que a maneira como os componentes do Shen Yun ganham vida e contam as histórias divinas do folclore chinês é “muito pura, reta e adorável”.

Vocalistas de renome, que cantam composições originais em chinês no estilo belo canto, com legendas projetadas no cenário atrás dos vocalistas, são outra característica distinta do Shen Yun.

“As músicas originavam-se do coração do solista e ecoaram no meu coração”, disse Guo. “É a sinceridade que toca o nível mais profundo do meu ser e se conecta comigo. É a primeira vez na vida que assisto a um espetáculo de tal beleza e sinceridade que me inspira e educa.”

Guo condena a perseguição do regime chinês aos praticantes do Falun Gong. Ele estava maravilhado pelo Falun Gong não só ter sobrevivido à perseguição, como ainda criar um espetáculo tão brilhante. “É comovente! Realmente comovente! Tentei conter as lágrimas no show, mas não resisti.”

De acordo com o website do Shen Yun, “O Falun Gong, também chamado de Falun Dafa, é guiado pelos princípios da verdade, compaixão e tolerância e já ajudou mais de 100 milhões de chineses a compreenderem e regressarem à essência da cultura tradicional chinesa – as escolas de pensamento confucionistas, budistas e taoístas.”

O Partido Comunista Chinês (PCC) iniciou em 1999 “uma perseguição cruel e sistemática contra os praticantes do Falun Gong”. “Os praticantes do Falun Gong têm mantido sua crença firme e continuado a expor as incontáveis injustiças por meios pacíficos. Seu espírito de compaixão e tolerância manifesta a própria essência da cultura divina chinesa de 5.000 anos”, acrescenta o website.

O Sr. Guo acha que os chineses “deveriam ter conhecimento da supressão que os praticantes do Falun Gong têm sofrido nos últimos doze anos”.

Estar em Nova York, “uma cidade simbolizada pela estátua da liberdade”, e ver o Shen Yun fora do ambiente opressivo da China energizou o Sr. Guo. “É uma performance magnífica”, disse Guo. “Sinto-me muito inspirado.”

Tendo amigos que praticam o Falun Gong, o Sr. Guo sabe que os praticantes são “pessoas bondosas e inocentes”.

“Contudo, o regime Chinês não permite que eles pratiquem sua fé e os persegue e, inclusive, rouba seus órgãos enquanto ainda estão vivos. Eu acredito que a performance do Shen Yun também procura mostrar a verdade, compaixão e tolerância. Vendo as lutas internas da liderança chinesa, eu acredito que eles precisam assistir o Shen Yun com atenção e repensar seu governo. Eles precisam dar democracia e liberdade ao povo.”

O Sr. Guo acredita que, “Uma vez que o povo chinês conheça a verdade, a perseguição de seus concidadãos terá seu fim. O povo chinês necessita acordar, eles precisam saber que, nestes doze anos passados, os praticantes do Falun Gong sofreram uma horrível supressão.”

“O Shen Yun definitivamente atuará em breve na China”, acrescentou ele. Ele contará a seus familiares e amigos sobre o “espetáculo fantástico e único” que presenciou.

Guo disse que, “O espetáculo da cultura tradicional chinesa do Shen Yun é suficiente para fazer o povo chinês viver uma vida abençoada e feliz. Vejo hoje em dia como a corrente principal da mídia valoriza a cultura tradicional chinesa. É uma pena que o povo na China não possa assistir. Vejo o porquê das audiências se sentirem tão inspiradas e também vejo esperança na China.”

A experiência deixou Guo inspirado, tanto em relação a seu trabalho quanto a sua vida pessoal. “O Shen Yun deixou-me uma lembrança preciosa”, disse ele, “que vale a pena preservar por toda a vida.”