Oficial chinês demitido por ser carregado nas costas em enchente

Um aldeão de 60 anos na província de Zhejiang carregou um oficial comunista que usava sapatos de couro para prevenir que ele se molhasse, enquanto visitava uma área severamente afetada pelas enchentes do tufão Fitow.

Um internauta de Yuyao postou uma foto do fato no Sina Weibo em 14 de outubro, provocando indignação entre os internautas.

A mídia Voz da China informou que a água era de cerca de cinco centímetros de profundidade. A foto mostra um senhor idoso de botas de borracha transportando um homem mais jovem em sapatos de couro. Outro homem e uma mulher, ambos usando botas de borracha, são vistos acompanhando-o.

Uma resposta foi postada no microblogue oficial da cidade de Sanqishi no mesmo dia, dizendo que uma investigação fora iniciada e que o oficial em questão era um membro da equipe. Ele inspecionava a vila de Weijiaqiao na manhã de 13 de outubro para consolar um aldeão doente e recebeu um aviso severo.

No dia seguinte, o microblogue foi atualizado para dizer que o funcionário foi removido do posto de diretor do escritório de construção do governo local. Alguns internautas ficaram impressionados com a rápida resposta das autoridades locais, mas outros questionaram quem exatamente era o funcionário.

“Se você se atreve a se exibir, os civis o forçarão a renunciar”, disse um blogueiro.

Outro comentou: “Está tudo bem se você não quer se comprometer com o trabalho de socorro. É tolerável aparecer e encenar um ato de ajuda. Mas você não deveria ter criado um fardo extra para os outros. A verdadeira questão é se você ainda tem simpatia ou justiça em seu coração? Você entende a importância de amar outras pessoas?”

Um terceiro escreveu: “Este oficial é tão delicado! O comitê disciplinar deve investigá-lo atentamente. Quanto custou seus sapatos de couro? Quanto dinheiro ele aceita de suborno? Quantos apartamentos residenciais ele comprou? Que relógio e cinto ele usa? Quantas amantes ele tem?”

 
Matérias Relacionadas