O Japão procura seus aliados para reforçar sua defesa

União Europeia rejeita retaliação chinesa de sanções por Xinjiang; Japão se fortalece em meio a ameaças da China

Por NTD Notícias

Sanções recíprocas pioram as relações entre a China e o Ocidente. Reino Unido, Canadá e União Europeia se juntam aos EUA, sancionando Pequim por abusos de direitos humanos. A Austrália e a Nova Zelândia se pronunciaram em apoio.
A China retalia contra a União Europeia, e acaba enfrentando mais consequências. O embaixador chinês na França também foi intimado por parlamentares de Paris. Isso após a embaixada chinesa chamar um acadêmico francês de “cachorro louco” e “bandidinho” por apoiar Taiwan.
O Japão procura seus aliados para reforçar sua defesa, em meio a ameaças crescentes do regime chinês.
E mais chineses buscam publicamente rejeitar o Partido Comunista. Um empresário na Nova Zelândia compartilha sua história sobre como mudou de opinião.

 
Matérias Relacionadas