Morre filho de Osama bin Laden, Hamza

Por Jack Phillips

O filho de Osama bin Laden, Hamza, morreu, de acordo com relatos da mídia na quarta-feira, 31 de julho.

Três funcionários dos Estados Unidos disseram à NBC News que obtiveram informações sobre a morte de Hamza bin Laden, um potencial sucessor de seu pai como líder do grupo terrorista Al-Qaeda.

Não está claro onde ou quando Hamza morreu ou se os Estados Unidos desempenharam um papel.

Then al-Qaeda leader Osama bin Laden on Sept. 20, 2003. (Salah Malkawi/Getty Images)
Líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, em 20 de setembro de 2003 (Salah Malkawi / Getty Images)

O governo dos Estados Unidos não confirmou publicamente a sua morte.

O Departamento de Estado dos Estados Unidos estava oferecendo US$ 1 milhão de recompensa por informações sobre o paradeiro de Hamza.

Em 2018, ele divulgou uma declaração pública via al-Qaeda que ameaçava a Arábia Saudita.

O Departamento de Estado o descreveu como “um emergente líder da Al Qaeda”, que “ameaçou atacar os Estados Unidos e seus aliados”, segundo o Washington Examiner.

Osama bin Laden, nascido na Arábia Saudita, é visto apontando uma arma nesta foto sem data da TV Al-Jazeera (Foto de Al-Jazeera / Getty Images)

Acredita-se que Hamza Bin Laden tenha nascido em 1989, e seu pai, líder terrorista, tenha se mudado para o Afeganistão em 1996 antes de declarar guerra contra os Estados Unidos. Mais tarde ele apareceu em vídeos de propaganda para o grupo terrorista.

Osama Bin Laden supervisionou as operações terroristas que levaram aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 em Nova Iorque e Washington.

Dez anos depois, a Navy SEALS matou Osama durante uma incursão em seu complexo no Paquistão.

Em março de 2019, autoridades sauditas revogaram a cidadania de Hamza bin Laden, segundo a The Associated Press, que o descreveu como uma figura cada vez mais proeminente na rede terrorista da época.

Não havia nenhuma explicação imediata para o fato de que o decreto real que tirou sua cidadania, assinado em novembro, só tenha se tornado público agora. No entanto, o anúncio veio depois que o governo dos Estados Unidos ofereceu uma recompensa de US$ 1 milhão por informações.

De igual modo, o reino tirou a cidadania de Osama bin Laden em 1994 enquanto ele vivia exilado no Sudão. Naquela época Hamza bin Laden era apenas uma criança.

“Este é um exemplo de história rimando” disse Thomas Joscelyn, membro sênior da Fundação para a Defesa das Democracias, com sede em Washington, que estuda a al-Qaeda e o grupo terrorista islâmico. “Ele nasceu basicamente logo após a fundação da al-Qaeda, então sua vida é totalmente consumida no estabelecimento, na formação da al-Qaeda e no lançamento de sua guerra contra o Ocidente e a América.”

Vídeo divulgado pela CIA em 2017 e que foi apreendido durante o ataque a Abbottabad, mostra Hamza bin Laden com um bigode aparado, mas sem barba, em seu casamento. Imagens anteriores só o mostraram como criança. O Departamento de Estado disse que também acredita que ele se casou com a filha de Mohamed Atta, o principal sequestrador dos ataques de 11 de setembro.

Hamza bin Laden começou a aparecer em vídeos e gravações militantes em 2015 como porta-voz da Al-Qaeda.

“Se você acha que o crime pecaminoso que você cometeu em Abbottabad passou sem punição, então você pensou errado”, disse ele em sua primeira gravação de áudio.

Outros detalhes não são claros.

A Associated Press contribuiu para este relatório.

 
Matérias Relacionadas