O Brasil se posicionou contra o envio de grupos para investigar pandemias

O Brasil se posicionou contra o envio de grupos para investigar pandemias

Por NTD Notícias

O Brasil se posicionou contra o envio de grupos para investigar pandemias, junto da China e da Rússia na última assembleia da Organização Mundial da Saúde, ou OMS.

E Surgem dúvidas quanto ao destino de responsáveis pela investigação levada ao Supremo Tribunal Federal, na qual Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro acusou Dias Toffoli, ministro do STF, de ter recebido 4 milhões de reais em propina entre 2014 e 2015, quando era presidente do Tribunal Superior Eleitoral.

 
Matérias Relacionadas