Novo vírus da gripe aviária na China pode ser pior que o H7N9

Um chinês pesa uma galinha num mercado em Hong Kong. Outro vírus foi encontrado em aves na China, que estaria se desenvolvendo lado a lado com a variante H7N9 (Philippe Lopez/AFP/Getty Images)
Um chinês pesa uma galinha num mercado em Hong Kong. Outro vírus foi encontrado em aves na China, que estaria se desenvolvendo lado a lado com a variante H7N9 (Philippe Lopez/AFP/Getty Images)

Um novo vírus chamado H7N7 foi descoberto em galináceos na China, segundo um estudo recém-publicado na revista Nature.

Uma equipe de investigadores de Hong Kong encontrou o vírus em cerca de 25% das aves amostradas, muitos das quais também tinham o vírus H7N9. Ao testar o vírus H7N7 em furões, os investigadores descobriram que ele pode ser transmitido para mamíferos.

“Se deixarmos esse H7N7 continuar circulando em galinhas, tenho certeza de que casos de infecção humana ocorrerão”, disse o coautor Guan Yi, da Universidade de Hong Kong, à AFP. “Este vírus pode causar uma infecção mais grave do que … o H7N9, com base em nossos experimentos com animais.”

O H7N7 parece ter se desenvolvido lado a lado com o H7N9, que já matou 44 pessoas e infectou outras 130 na China.

“Achamos que isso é assustador para os seres humanos”, acrescentou Guan. “Toda nossa população humana quase não tem anticorpos contra o subtipo H7 do vírus da gripe. Assim, se houver um surto pandêmico, isso matará muitas pessoas.”

Os cientistas acreditam que um melhor sistema de vigilância é necessário para monitorar vírus perigosos, como o H7N9, que possam estar emergindo. “Este é um ecossistema de gripe muito diferente de outros países”, disse Guan, segundo a Nature.

 
Matérias Relacionadas