Novo projeto de lei proibiria bitucas de cigarro e vaporizadores descartáveis ​​na Califórnia

'A indústria do tabaco adicionou filtros para criar a ilusão de um cigarro saudável, apesar dos filtros não oferecerem benefícios à saúde', afirmou legislador

Por Alice Sun 

Um legislador da Califórnia propôs um projeto de lei no dia 25 de janeiro para proibir vaporizadores eletrônicos descartáveis ​​e filtros de tabaco para proteger a saúde pública e o meio ambiente.

A deputada Luz Rivas (Democrata do Vale de São Fernando) apresentou o Projeto de Lei 1690 em uma coletiva de imprensa virtual ao lado dos co-autores do projeto, os membros da assembleia Mark Stone (Democrata de Monterey Bay) e Cottie Petrie-Norris (Democrata de Irvine).

“Por mais de meio século, os filtros de tabaco causaram uma crise de saúde pública e ambiental”, afirmou Rivas. “A estratégia de microplástico do Conselho de Proteção do Oceano em todo o estado recomendou que a Califórnia proibisse a venda de produtos de tabaco de uso único, incluindo filtros de cigarro e vaporizadores eletrônicos”.

Legisladores da Califórnia realizam uma coletiva de imprensa para apresentar o Projeto de Lei 1690 (Captura de tela)
Legisladores da Califórnia realizam uma coletiva de imprensa para apresentar o Projeto de Lei 1690 (Captura de tela)

Se transformado em lei, o AB 1690 proibiria qualquer pessoa ou entidade de vender um cigarro com filtro de uso único, um cigarro eletrônico de uso único, um dispositivo de plástico ligado ao tabaco ou um dispositivo vaporizador. Os infratores serão cobrados multas civis de $500 por violação.

Na conferência, Stone explicou que os filtros de cigarro não oferecem benefícios à saúde dos fumantes, mas fornecem uma “vantagem de marketing” para as empresas de cigarros.

“A indústria do tabaco adicionou filtros de uso único para criar a ilusão de um cigarro saudável, apesar dos filtros não oferecerem benefícios à saúde. Esse truque de marketing enganoso funcionou por décadas, resultando em pontas de cigarro não biodegradáveis ​​se tornando o tipo mais onipresente de lixo coletado na Califórnia”, declarou Stone.

Petrie-Norris também afirmou que os filtros de cigarro são uma das principais fontes de lixo e também estão vendo mais vaporizadores sendo jogados nas praias.

“Os filtros de cigarro são uma das principais fontes de lixo nas praias, oceanos e cursos d’água em todo o mundo. Como estamos vendo agora com o surgimento de canetas vaporizadoras de uso único, não é surpresa que também começamos a vê-las em nossas praias e impactando nossa hidrovia”, relatou Petrie-Norris.

Heidi Sanborn, diretora fundadora do National Stewardship Action Council, uma organização comprometida com a redução da poluição, declarou na conferência que as pontas de cigarro são feitas de plástico e causam poluição.

“[As pontas de cigarro] são principalmente um tipo de acetato de celulose que é um plástico. Porque elas estão pegando fogo, as pessoas as jogam no chão. Eles pisam nelas e quebram isso em microplásticos, os quais, com essas toxinas, entram nas águas pluviais”, afirmou Sanborn.

Entre para nosso canal do Telegram

Assista também:

 
Matérias Relacionadas