Nova York: desfile de quase 10 mil praticantes do Falun Dafa impressiona Manhattan (Fotos)

“Vou contar a todos os meus amigos sobre a perseguição do PCC ao Falun Dafa. Vinte anos de perseguição é um tempo muito longo e deve ser interrompido imediatamente”

Por Zhang Yun e Hua Qing, Minghui.org

Em 16 de maio de 2019, cerca de 10 mil praticantes do Falun Dafa provenientes de dezenas de países caminharam por Manhattan, para celebrar o 27º aniversário da primeira apresentação do Falun Dafa ao público e o 20º Dia Mundial do Falun Dafa.

O desfile começou na United Nations Plaza, na 47th Street e na Second Avenue, passando pela Times Square e terminou perto do Consulado Chinês na 12th Avenue, abrangendo mais de 3 kilômetros.

“Falun Dafa é bom”, “Pare a perseguição ao Falun Dafa” e “Apoiando 303 milhões de chineses que renunciaram ao Partido Comunista Chinês” foram os três temas principais do desfile.

Falun Dafa é bom

A Banda Tian Guo liderou a primeira parte do desfile “Falun Dafa é bom”. Seguindo a banda, uma enorme réplica do Zhuan Falun, o principal livro do Falun Dafa; o emblema do Falun; uma equipe de dança do dragão; um grande barco de flores; praticantes demonstrando os exercícios do Falun Dafa; e banners em vários idiomas, representando os países em todo o mundo onde o Falun Dafa é praticado. Depois vieram praticantes de diferentes nacionalidades usando seu traje tradicional.

Banner diz: “Celebrando o Dia Mundial do Falun Dafa” e “Desejando ao Mestre um feliz aniversário” (Minghui.org)
Banner diz: “Celebrando o Dia Mundial do Falun Dafa” e “Desejando ao Mestre um feliz aniversário” (Minghui.org)
Faixa diz “Falun Dafa” e seus valores fundamentais da “Verdade-Compaixão-Tolerância” (Minghui.org)
Faixa diz “Falun Dafa” e seus valores fundamentais da “Verdade-Compaixão-Tolerância” (Minghui.org)
Réplicas do Zhuan Falun em chinês e inglês (Minghui.org)
Réplicas do Zhuan Falun em chinês e inglês (Minghui.org)
Praticantes demonstram os exercícios do Falun Dafa (Minghui.org)
Praticantes demonstram os exercícios do Falun Dafa (Minghui.org)
Praticantes carregam banners com várias mensagens (Minghui.org)
Praticantes carregam banners com várias mensagens (Minghui.org)
Banner diz: "Dafa abraçado em todo lugar, comemoramos juntos" (Minghui.org)
Banner diz: “Dafa abraçado em todo lugar, comemoramos juntos” (Minghui.org)
Praticantes do Vietnã (Minghui.org)
Praticantes do Vietnã (Minghui.org)
Praticantes da Coreia (Minghui.org)
Praticantes da Coreia (Minghui.org)
Banners com as mensagens:"Saudações Mestre" e "O mundo precisa da verdade-compaixão-paciência" (Minghui.org)
Banners com as mensagens:”Saudações Mestre” e “O mundo precisa da verdade-compaixão-paciência” (Minghui.org)

Pare a perseguição ao Falun Dafa

Na segunda parte, “Parem a perseguição ao Falun Dafa”, os praticantes seguravam fotos de praticantes que perderam suas vidas como resultado de serem perseguidos na China. Eles pediam o fim da extração forçada de órgãos sancionada pelo regime do Partido Comunista Chinês (PCC) e para levar à justiça Jiang Zemin, o ex-líder e principal autor da perseguição.

Banners pedindo o fim da perseguição ao Falun Dafa na China (Minghui.org)
Banners pedindo o fim da perseguição ao Falun Dafa na China (Minghui.org)
Banners expondo a extração forçada de órgãos sancionada pelo PCC (Minghui.org)
Banners expondo a extração forçada de órgãos sancionada pelo PCC (Minghui.org)
Praticantes carregam imagens de outros praticantes do Falun Dafa que perderam suas vidas por causa da perseguição na China (Minghui.org)
Praticantes carregam imagens de outros praticantes do Falun Dafa que perderam suas vidas por causa da perseguição na China (Minghui.org)
Cartazes pedem o fim da extração forçada de órgãos praticada pelo PCC (Minghui.org)
Cartazes pedem o fim da extração forçada de órgãos praticada pelo PCC (Minghui.org)
Banner pede o fim da perseguição de 20 anos do Falun Dafa (Minghui.org)
Banner pede o fim da perseguição de 20 anos do Falun Dafa (Minghui.org)

 Terceira parte do desfile – Renúncia ao PCC

A terceira parte: “Apoiando 303 milhões de chineses que renunciaram ao PCC” — foi liderada pela segunda Banda Tian Guo, seguida pelas equipes de Dança do Dragão e Dança do Leão, um modelo dos Nove Comentários sobre o Partido Comunista e faixas com os títulos dos Nove Comentários, um barco de flores e cartazes expondo os crimes do PCC.

Banner diz: “Acabar com a perseguição, desintegrar o PCC” (Minghui.org)
Banner diz: “Acabar com a perseguição, desintegrar o PCC” (Minghui.org)
Banner diz "Saber a verdade é a esperança de ser salvo" (Minghui.org)
Banner diz “Saber a verdade é a esperança de ser salvo” (Minghui.org)
Equipe de Dança do Dragão (Minghui.org)
Equipe de Dança do Dragão (Minghui.org)
Banner pede para renunciar ao PCC (Minghui.org)
Banner pede para renunciar ao PCC (Minghui.org)
Banner diz “Comemorando 303 milhões de pessoas que renunciaram ao PCC” (Minghui.org)
Banner diz “Comemorando 303 milhões de pessoas que renunciaram ao PCC” (Minghui.org)
Equipe dos tambores de cintura (Minghui.org)
Equipe dos tambores de cintura (Minghui.org)

As pessoas mostram grande interesse no desfile cativante

A música retumbante das Bandas Tian Guo, a bela roupa tradicional de diferentes nacionalidades, barcos de flores requintadamente decorados, cartazes e faixas coloridas e demonstrações pacíficas de exercícios do Falun Dafa, atraíram trabalhadores de escritório durante todo o percurso. Eles expressaram seu apoio, elogiaram a beleza do desfile, questionaram e pediram informações detalhadas, e expressaram interesse em aprender o Falun Dafa. Alguns chineses anunciaram sua retirada do PCC e de suas organizações juvenis.

Rob, gerente imobiliário, acredita que os princípios da Verdade-Compaixão-Tolerância são benéficos para a sociedade em todo o mundo (Minghui.org)
Rob, gerente imobiliário, acredita que os princípios da Verdade-Compaixão-Tolerância são benéficos para a sociedade em todo o mundo (Minghui.org)

Rob é gerente imobiliário responsável por três edifícios. Ele disse que o desfile foi absolutamente maravilhoso. Ele comentou sobre o clima quente e ensolarado, dizendo: “É como se o céu estivesse se abrindo para sorrir para este evento hoje”.

Ele disse que pessoas como ele, que nasceram nos Estados Unidos e passaram a vida inteira neste país, têm dificuldade em entender que as pessoas na China estão sendo brutalmente perseguidas. “Eu realmente espero que eu possa ajudar os praticantes”, disse ele. “Eu também espero que mais pessoas possam ajudar a acabar com a perseguição”.

Christopher Leonard disse que muitos de seus colegas que observavam pelas janelas elogiaram o desfile (Minghui.org)
Christopher Leonard disse que muitos de seus colegas que observavam pelas janelas elogiaram o desfile (Minghui.org)

Christopher Leonard, que trabalha no prédio “Grace”, ficou encantado ao ver um grupo tão maravilhoso de pessoas demonstrando a beleza da Verdade-Compaixão-Tolerância. Ele ficou emocionado ao ver tantos praticantes sustentando sua fé e divulgando sua mensagem de uma forma tão bela e viva.

Ele pediu folhetos extras para seus colegas. Ele disse que eles estavam interessados em aprender o Falun Dafa para ajudá-los a melhorar seu trabalho e seus relacionamentos pessoais.

Tim Popal, policial, disse que o desfile do Falun Dafa foi o melhor e o mais pacífico que ele já viu (Minghui.org)
Tim Popal, policial, disse que o desfile do Falun Dafa foi o melhor e o mais pacífico que ele já viu (Minghui.org)

Tim Popal, policial, ficou impressionado com os praticantes do Falun Dafa que celebravam sua crença. “Eu vi muitos desfiles protestando contra isso e aquilo”, ele disse, “mas o desfile do Falun Dafa é o melhor e mais pacífico que eu já vi”.

Ele agradeceu por trazer alegria e sorrisos para a cidade, e que voltaria e aprenderia mais sobre o Falun Dafa e contaria a seus colegas e amigos o que havia aprendido.

Clara Pinchbeck e sua colega Sophia se interessaram em aprender o Falun Dafa (Minghui.org)
Clara Pinchbeck e sua colega Sophia se interessaram em aprender o Falun Dafa (Minghui.org)

Clara Pinchbeck trabalha em um escritório de advocacia no centro da cidade. Assistir ao desfile alegrou o seu dia. “Realmente notável!” Ela disse. “Eu ouvi a música da banda lá de cima — era poderosa. Corri para o andar de baixo com a minha colega e estamos muito empolgadas por poder assistir a um desfile tão grandioso. ”

Praticantes falaram sobre o Falun Dafa e ela disse que queria aprender, porque “parece tão bonito e pacífico”.

Bill e Jane, do Minnesota, esperam que a perseguição ao Falun Dafa na China termine rapidamente (Mingui.org)
Bill e Jane, do Minnesota, esperam que a perseguição ao Falun Dafa na China termine rapidamente (Mingui.org)

Jane era assistente social antes de se aposentar e seu marido, Bill, era engenheiro de software. Eles assistiram quase todo o desfile. Jane disse que era emocionante, a primeira vez que eles tinham visto um desfile tão magnífico. Ela estava feliz que tantas pessoas tenham participado. “Nós nos lembraremos da Verdade, Compaixão e Tolerância”, ela disse. “Todos neste mundo precisam desses valores”.

Bill disse que eles observaram uma mensagem de que o PCC está condenado e concordaram. Ele disse: “Acreditamos que os chineses podem se administrar muito bem porque têm milhares de anos de cultura tradicional por trás deles.

“O Falun Dafa está revivendo a cultura tradicional chinesa, mas ficamos tristes ao saber que está sendo perseguido”. O casal disse que esperava que a perseguição terminasse rapidamente.

Yoke, da Europa, acha que todos devem seguir a Verdade-Compaixão-Tolerância (Mingui.org)
Yoke, da Europa, acha que todos devem seguir a Verdade-Compaixão-Tolerância (Mingui.org)

Yoke, da Europa, é uma professora de yoga. Ela disse que o desfile estava lindo e a fez se sentir em paz.

“Os princípios da Verdade, Compaixão e Tolerância — acredito que todos devem viver de acordo com essas palavras especiais. O que eu vi hoje é de tamanha beleza e traz paz, não tenho ideia de por que a perseguição ao Falun Dafa acontece na China.” Ela disse que é importante que as pessoas aprendam os fatos e trabalhem juntas para acabar com a perseguição.

Julia Mateo, enfermeira da Austrália, disse acreditar que as pessoas em Nova York apoiarão o Falun Dafa depois de ver o desfile (Minghui.org)
Julia Mateo, enfermeira da Austrália, disse acreditar que as pessoas em Nova York apoiarão o Falun Dafa depois de ver o desfile (Minghui.org)

Julia Mateo disse que apreciava os praticantes do Falun Dafa que defendiam firmemente sua crença. Ela esperava que todos fizessem algo para ajudar o Falun Dafa, porque todos deveriam fazer algo pelos outros e outros países para garantir que nós mesmos possamos viver em um mundo pacífico no futuro.

Ouvindo sobre a perseguição, a Sra. Mateo ficou surpresa e triste e disse que era injusto e inconcebível. “Estou triste por aqueles que tiveram seus órgãos extraídos quando ainda estavam vivos”, disse ela. “Espero que esse mal possa ser detido. Eu vou dizer aos médicos e enfermeiros do meu hospital para não deixarem seus pacientes irem à China para transplantes de órgãos.”

Asia Kastit, comissária de bordo (Minghui.org)
Asia Kastit, comissária de bordo (Minghui.org)

Asia Kastit, comissária de bordo, disse que os praticantes pareciam felizes e estavam trazendo beleza e alegria para Nova York. “Eu saúdo e aprecio os praticantes do Falun Dafa. É um desfile lindo, pacífico e alegre. Eles realmente mostraram a beleza da Verdade, Compaixão e Tolerância ”.

Neeras Bir, engenheiro de desenvolvimento de software da Filadélfia (Minghui.org)
Neeras Bir, engenheiro de desenvolvimento de software da Filadélfia (Minghui.org)

Neeras Bir, engenheiro de desenvolvimento de software da Filadélfia, disse que comprou o Zhuan Falun e estava pronto para praticar o Falun Dafa. Ele disse que os praticantes do Falun Dafa trazem energia positiva, paz e compaixão para Nova York e, incondicionalmente e publicamente, compartilham com diferentes nacionalidades e países.

“Vou contar a todos os meus amigos sobre a perseguição do PCC ao Falun Dafa. Vinte anos de perseguição é um tempo muito longo e deve ser interrompido imediatamente”, disse ele.

 
Matérias Relacionadas